A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Matosinho Serafim da Silva
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Poema
 
BANHO DEMORADO
Por: Matosinho Serafim da Silva

Tirei toda a roupa
Abri o chuveiro
E me pus a banhar
Esqueci o sabonete
E fiquei sem espuma
A mulher lá fora, grita,
Anda logo, te arruma
Deixa de ser mole, homem,
Toda a água se consome
E você vai ficar pra trás
A festa já começou
E o seu amigo ao telefone
Perguntou-me pela demora
É que já passa da hora
E a festa vai terminar.
Êta banho demorado
E você ainda despido
Está sempre atrasado
Grudado neste banheiro
Fazendo o que, não entendo
Sem água e sem sabonete
Por sua causa perdi toda a festa
E agora somente me resta
Te deixar mais um lembrete
Vou contar para todo mundo
Que você é assim mesmo
Um desajeitado ou sem jeito
Muito molenga
Um desapressado
Mas um grande sujeito!...


Matosinho Serafim da Silva

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: MfeE (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.