A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Sonetos
 
CALMARIA AMANHECIDA
Por: Vilma Oliveira



Quando o vento soprar forte me chamando
Numa calmaria amanhecida de um futuro...
Haverá de ser o teu amor rindo e chorando
Nas noites claras se escondendo do escuro

Tua respiração a me embalar será verdade?
O teu olhar a me aquecer será conforto?
Esse tornado que gira em volta será a idade?
Me conduzindo aos pés de ti como um porto!

Será martírio que fere a alma adormecida?
Será um sonho que componho em poesia?
Será consolo que eu recebo de outras vidas?

Eu me sinto como um anjo apaixonado...
Me aperta o coração em pleno dia...
Como a saudade de um tempo já passado!


 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: ZgFc (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.