A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

José-Augusto de Carvalho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Sonetos
 
TEMPO DE SORTILÉGIO * O afã da procura
Por: José-Augusto de Carvalho


.
Caminheiro tenaz, perpétuo movimento,
eu vou e, aqui e além, desvendo e me desvendo.
Que bom, mesmo que doa angústia ou sofrimento,
se, a cada instante, for o ser que esteja sendo!
.
Que eu saiba recusar a inércia sufocante
que quer empedernir a lava do vulcão
e seja, em cada transe, o alor determinante
da rútila manhã duma revelação!
.
E que no fim da minha efémera jornada,
regresse ao nada, sem remorso nem censura,
porque rasguei em cada aclive a minha estrada
e me cumpri no afã instante da procura…
.
De herança, apenas deixo esta inquietação
da lava onde não morre o fogo do vulcão.

.

José-Augusto de Carvalho
13 de Agosto de 2019.
Alentejo*Ana Portugal

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: ZFKZ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.