A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Artigo
 
Circo pegando fogo beneficia alguém?
Por: JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA

A necessidade de ver através da cortina de fumaça


Poucas medidas foram anunciadas, desde que se soube das queimadas desastrosas mostradas no território brasileiro, para o combate ao fogo que consome grande parte de uma cobertura vegetal muito importante para o meio ambiente do planeta. O que fizeram as autoridades diretamente responsáveis pelas providências? Procuraram logo um culpado! Acusaram ONGs, ambientalistas e todos que consideram inimigos e contra a gestão que veio para mudar tudo. Mas se alguém analisar o que o presidente sempre falou... pode encontrar um incentivo para isso?
O fato é que a atenção que o mundo esperava – e em particular a população local – passa longe de troca de acusações e insinuações de complô internacional para boicotar o nosso agronegócio, via antipatriotismo da oposição. Será que o fogo era apenas pirotecnia da mídia sedenta por audiência? À parte achar que a decisão do G7, o grupo dos países mais industrializados do mundo, reavaliar a Acordo entre o Mercosul e a União Europeia, por causa da indiferença de Bolsonaro com a tragédia soar como imposição, dá para ver só oportunismo nisso?
Infelizmente o dia a dia tem demonstrado que o Mito está muito abaixo do pedestal que o colocaram. Claro que não devemos imputar toda responsabilidade das queimadas à sua gestão, mas as providências atuais deviam partir dele. Ou a solução é ficar procurando culpados, especialmente das gestões anteriores? Será que a carga da poderosa Bic acabou? Pelo visto, relembrando o que ele falou para Angela Merkel, líder da Alemanha, não temos muito o que ensinar para eles. Talvez a falta de humildade o impeça de pensar no que vai falar aos outros.
E agora, Mito? Se você é quem manda... O que vai fazer diante da situação que nos deixou muito mal na foto perante o mundo? Adianta lembrar que a Europa devastou suas florestas, portanto não tem moral para cobrar isso do Brasil? Pelo menos os que compõem o G7 se preocupam com o meio ambiente. Sabe-se que eles tentam recuperar rios poluídos, como o Tâmisa, em Londres. Na Alemanha, que precisa aprender com o Brasil, o combate ao uso de embalagens plásticas existe desde 2017. Então, o que temos tanto a ensinar ao mundo?
Mas enquanto o fogo devora as nossas florestas e o nosso presidente insiste em encontrar um culpado, alguém estaria sendo beneficiado por isso? Além disso, os fãs ardorosos do Mito postam denúncias de crimes ambientais nas gestões passadas e citam o desastre ecológico da empresa norueguesa Hydro Alunorte, em Barcarena, Pará. Qual seria a intenção desse comportamento? O que tem uma coisa a ver com a outra? Se a fiscalização encontrou irregularidades, que se multe a empresa, mas o atual presidente acha que isso só atrapalha.
Sob o ponto de vista da seriedade e desconsiderando os interesses comerciais, uma retaliação aos produtos brasileiros oriundos do agronegócio beneficiaria outros fornecedores. Como leigos desconhecemos as cláusulas do Acordo Mercosul com a União Europeia, mas para o presidente da França declarar que Bolsonaro descumpriu com a palavra, fica parecendo o que disse o De Gaulle sobre o Brasil décadas atrás. Verdade ou mentira, o que poderá ficar sem esclarecimento para sempre, as bravatas do Mito podem azedar muitos negócios no futuro.
Diz-se que uma tropa sem comando é o caminho mais curto para se perder a batalha. Nossa realidade é atípica no mundo das estratégias militares: um capitão chefia vários generais! Será que os subordinados de patente mais alta estão conformados com as ordens vindas de cima? Ou eles sabem que está tudo errado e esperam o momento certo para assumir o comando? Fora desse ambiente, mas sujeitos às consequências do combate, está a população civil que espera que o inimigo seja derrotado. Como os bravos guerreiros defensores da Pátria pretendem vencer?


J R Ichihara
27/08/2019

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: LbAY (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.