A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Crônica
 
A la champagne!
Por: Marlene Nascimento

Ser-se arrebatado da vida para a morte, assim!... A morte de tudo. Nada levar dos sonhos conquistados. Não mais realizar os sonhos que ainda se os sonhava. Para os que ficam, a certeza da ilusão de viver. Termos a certeza, a ciência que somos meros ectoplasmas ambulantes. Conscientizar-nos que soberba, grandeza, nobreza, nada nos livra do fim.

Destarte, vivamos a vida enquanto bela vida. Cuidemo-nos. Um dia tudo acabará em nada. Então precisamos (como precisamos!) seguir na jornada, perseverar na labuta, semear e colher, passear, amar, viver até o fim a vida a que fomos destinados.

Que os compromissados respeitem seus pares, que saibam viver uma amor azul. Que os descompromissados sigam seu coração. Medo da rejeição? Se o amor não for correspondido, que seja! Em outro lugar alguém dirá sim. E viva o amor, encantado amor! Que não se replika klockor sverige o deixe passar, morrer. A vida pede urgência nos encantos.

Não se permita que nenhum sonho se acinzente antes de tentar realizá-lo. Há uns poucos anos eu sonho fazer um cursinho básico de jardinagem e horticultura. Aprender a cultivar um pedacinho de terra, tratá-la, hidratá-la, mas estou sempre adiando. Vamos lá, senhora Marlene! Não se adia sonhos brilhantes.

Sim, se desejamos viajar, viajemos; se desejamos morar em Marte, moremos; se desejamos tomar banho de cachoeira, tomemos; se desejamos correr para os braços da felicidade, corramos; se desejamos pintar o sete, pintemos (com dignidade). Façamos tudo. Não passemos vontades. Não permitamos que o destino nos passe a perna.

Sobretudo, nada de querermos ser rocha, fortaleza, super-heróis o tempo todo. Não há rocha que não sofra erosão com as cruezas do tempo. Resiliência sim, submissão ao sofrimento não. Assim, viva-se a vida, admirável vida. Bem assim, celebrando-a, a la champagne!

 Comente este texto


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: cRZW (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.