A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poesia
 
CORAÇÃO AVENTUREIRO
Por: Guto del Blanco

Coração Aventureiro
( Guto del Blanco )

E depois de deixar aquele porto para quem ficou
nao sabia se era um vivo , morto ou hibernante

Milhas e milhas depois
ao encontra aquela calma baía
em meio a muito sol
montanhas e florestas
ao invés de repetir a famosa
frase de um Imperador romano
a mim mesmo disse
" Vim , vi e maravilhei-me "

E anos se passaram...

Até que encontre aquele par de olhos
que eram um misto
de céu , estrelas e todos oceanos
juntos...
Suores , sabores , dissabores...
labores , conquistas , suores e calmarias...
Meu piano virou uma geladeira...
Meu quarto simples , aos poucos
virou um lar

E hoje
de onde possa estar
vejo e e protejo
seis rebentos
num mundo , aflito
acelerado e louco...
e o melhor
nenhum deles desiste de ir
e ir e ir...
Como eu mesmo fiz naquele
porto ... onde cheguei a pensar que seria
apenas mais um morto....

Então as vidas se refazem
e eu não sou uma lápide esquecida
porque sinto ainda no coração daqueles que
mais amava
as centelhas que explodem de amor
vulcões em eterna atividade de sensações boas
que também escolhi e escolheria de novo
ou seja...
Tudo valeu ...e muito..!!!

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: QJcO (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.