A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

SÉRGIO DA SILVA TEIXEIRA
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Sonetos
 
SONETO DO ACASO
Por: SÉRGIO DA SILVA TEIXEIRA

Às vezes lembro sem estar pensando
Às vezes penso e não posso lembrar
Encontro o que eu não estava procurando
Não acho o que eu estou a procurar

O acaso faz com que eu encontre amigos
O imprevisto anula o programado
A experiência me alerta dos perigos
Dar tempo é só tempo desperdiçado

O posto de eterno aluno eu assumo
Uma vida de aprendizado é nada
O tempo é pouco e muito pouco eu sei

Já me perdi conhecendo onde andei
E andando em desconhecida estrada
Eu encontrei por acaso o meu rumo.

Sérgio da Silva Teixeira
BAGÉ/RS.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: KKUV (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.