A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poesia
 
I N C Ó G N I T O
Por: EMANNUEL ISAC

Porque buscas querer saber quem eu sou
Se procuro esconder a minha natureza?
Sou amante
Viajante
Poeta delirante
Do amor,
Incerteza!

Não quero ser descoberto
Prefiro a sombra que à luz
Pessoas frias e vazias
Falsas
Hipocrisias
Minha vida
Não conduz!

Minha sina é ser desconhecido
Que de mim, não tomem conhecimento
Obscuro
Sem futuro
Fruto maduro
Desejado
No momento!

Não tentem me encontrar
Possa ser que eu seja mórbido!
Um câncer
Sem chance
Opulente
Nuance
E pra você
Incógnito!!!

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: FYWP (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.