A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Sonetos
 
APOCALIPSE
Por: Nelson de Medeiros




Deus me ofertou o dom de ser poeta...
E todo poeta é meio vidente,
Um pouco adivinho, clarividente
Que às vezes prevê desgraça completa!

Mas, a hecatombe que sinto na mente,
Mais parece uma arenga de profeta
Que augúrio de calamidade certa,
Predestinada ao mundo de repente.

Só que vendo esta leva de arrogância,
E a ganância instalada no planeta,
Pressente o bardo a derradeira guerra!

E com pesar por tanta intolerância,
Vê o tempo passando na ampulheta,
E o caos adulterando toda a Terra!

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: VPOX (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.