A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Sonetos
 
SONETO SOLITÁRIO
Por: Vilma Oliveira

Joia rara esculpida de grande beleza!
Onde se esconde, em qual lugar?
Amiúde paire essa tua realeza...
Onde guardas o ouro desse teu olhar?

Miríades de sentimentos te acolhem a alma
A brisa se esvai como num sopro leve...
Inda que aos poucos branda luz te acalma!
A liquidez dos olhos aos poucos te eleve...!

Claridade, êxtase, paz e pura poesia...
Oscilando em torno de tudo quanto pensas
Enviando aos céus toda pureza e fantasia!

Lenitivo dos fracos – tu és um grande amigo!
Hoje, amanhã e sempre uma recompensa...
Orvalho da manhã – tu és o meu abrigo!


 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: HLYL (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.