A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Coronavirus
 
A longa vida do novo coranvírus
Por: Morena

Nesta semana, a OMS (Organização Mundial da Saúde) declarou que não é possível prever quando, e se, o novo coronavírus (Sars-CoV-2) vai desaparecer completamente. Afirmou ainda que ele pode se tornar endêmico, iguais a outras enfermidades que acometem a população e nunca desaparecem totalmente, como acontece com a gripe, a dengue, o sarampo e até mesmo o hiv, causador da aids.

Uma endemia não leva em conta o número de casos, mas, sim, a frequência ao longo do tempo. Uma doença é considerada endêmica quando ocorre por um período estendido em um mesmo local, podendo ser sazonal ou não. No Brasil, a febre amarela é considerada endêmica na região Norte, já a dengue é considerada endêmica em certos períodos do ano.

Trata-se de uma situação diferente da gripe espanhola, que nunca mais se repetiu após ter causado uma pandemia no início do século 20. Cientistas consentem com a possibilidade da doença se perpetuar entre os humanos, mas que após a descoberta da vacina e com 60% da população imune ao vírus, a situação ficaria mais confortável. Anunciaram ainda, que é difícil saber quanto tempo o novo coronavírus vai permanecer com atividade intensa na população.



 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: QZXO (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.