A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

João Márcio F. Cruz
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Crônica
 
Proteja seu lar contra energias negativas
Por: João Márcio F. Cruz

Segundo a tradição chinesa do FENG SHUI, a GEOBIOLOGIA e a ARQUITETURA SAGRADA, nossa casa pode ser um átrio de brigas, doenças e prejuízos ou um espaço de saúde, prosperidade e paz. Em 1939, a Rússia descobriu que cada ser humano possui um campo de energia em volta do corpo. Eles denominaram de “aura” essa energia que circunda o corpo e já foi fotografado, várias vezes, pela máquina Kirliam, nome em homenagem ao Semyon Davidovich Kirlian, descobridor do processo.

O lar é o lugar onde essas energias se encontram. Segundo o geobiólogo Juan Saez: “toda casa, edificação ou ambiente é um ser vivo, saudável ou enfermo, conforme as condições de anatomia e fisiologia específicas”. Casas doentes adoecem os moradores. Os primeiros a sentirem os sintomas são as crianças, por terem maior sensibilidade corporal. Existem inúmeros casos de pessoas que só conseguiram sua cura quando mudaram de casa, de bairro, de rua.

É comum ouvir pessoas dizendo que tem medo quando entram em determinados compartimentos da casa: “eu não gosto desse quarto”, “esse banheiro me assusta”, “tenho medo de ir ao quintal sozinho”. Pode ser que tal pessoa sinta as emanações nocivas do ambiente e não saiba explicar. Para identificar o teor das energias ambientes é simples: Prepare uma solução de água e sal. Coloque num prato e deixe por alguns dias num local protegido do sol. Depois veja as pequenas pedras de sal que se formaram. Se elas tiverem o mesmo formato e tamanho, é bom sinal. Se as pedras tiverem tamanhos diferentes, ou seja, umas grandes e outras pequenas, significa que naquele solo tem emanação de energias negativas. Outra forma é observar se na sua casa cresce muitas ervas daninhas, urtigas e ets.

Tais plantas nutrem-se de energias negativas. Também é bom perceber se pássaros, borboletas, beija-flores, lagartixas circulam pelo seu quintal. É um bom sinal já que tais criaturas fogem de locais de concentração de energias nocivas. Outra dica é observar se surgem muitos cupins, baratas e formigueiros. Tais insetos costumam aglomerar-se em locais de irradiação negativa. Se eletrodomésticos vivem quebrando, relógios vivem parando, móveis se rasgam facilmente, o carro sempre apresenta avarias, o piso é sempre úmido, as paredes racham diariamente, também é sinal de que energias negativas moram junto com você em sua casa.

Como nem sempre é possível mudar de cada, talvez seja a hora de mudar a cor das paredes, trocar os móveis de lugar, colocar outro piso, criar um animal de estimação porque, principalmente, gatos removem os miasmas deletérios do ambiente, fazer uma faxina geral, jogar fora aquelas roupas inúteis, arrumar o guarda-roupa e gavetas, limpar o quintal e plantar muitas plantas floridas, colocar sinos de vento, o som deles purifica os ambientes, jogar fora os espelhos quebrados (jamais deve-se continuar usando coisas quebradas), coloque na cozinha quadros bonitos de imagens alegres e suaves, mantenha limpa as janelas, elas são os olhos da casa, mantenha computadores, tvs, celulares, longe de sua cama de dormir, eles interferem sobre o sono e a saúde. Se essas dicas externas podem melhorar a energia de seu lar mais importante são os cuidados internos que podemos ter.

Evite discutir por bobagens, mantenha a paz de seu lar. Brinque com seus filhos, cultive sua espiritualidade, evite falar de problemas durante as refeições, agradeça, por mais pouco que seja, a tudo que a vida lhe deu, respeite a opinião alheia, seja generoso com as pessoas, controle o ciúme, cobre menos e faça mais, evite beber e fumar, os vícios saturam a casa com fortes miasmas negativos, tenha bons hábitos, seja uma pessoa otimista, acredite na vida, faça caridade, traga para dentro de seu lar sentimentos positivos. Tem um caso na cidade, de uma mulher que brigava muito com o marido. Para proteger o filho, eles evitavam brigar na frente dele. O problema é que as paredes tem memória, elas conservam as energias emanadas. A criança continuava doente, sem apetite, desinteressada pela escola, e emagrecendo rápido.

Quando o psicólogo alertou que a criança estava somatizando os problemas dos pais, eles resolveram se controlar mais. Não adianta brigar escondido se as energias vão continuar pelo ambiente mesmo depois que a discussão terminou. Proteja sua casa. A tranquilidade e a compreensão mútua deve reinar em seu lar. Afinal, ninguém resolveu morar junto para sofrer, destruir os sonhos e comprometer a saúde...

 Comente este texto
 

Comentário (9)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: fUXb (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.