A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Antuérpio Pettersen Filho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
ENCHENTES: O RIO DE JANEIRO LAVADO E ENXAGUADO
Por: Antuérpio Pettersen Filho

ENCHENTES E MORTES: “A CIDADE DO RIO DE JANEIRO LAVADA E ENXAGUADA.”

Por : Pettersen Filho

Tema recorrente nos últimos anos, não pelo seu inegável Título de “Cidade Maravilhosa”, mas pelas suas cumulativas tragédias, Sociais e Naturais, a Cidade do Rio de Janeiro acordou ontem completamente inundada, tomada pela maior precipitação pluviométrica que se abateu sobre a, já, sofrida Cidade, nos últimos quarenta anos, decorrendo na morte, entre deslizamento de encostas e afogados, de, pelo menos, cem pessoas, segundo os primeiros números, ainda provisórios.
Não fosse a presente tragédia algo de profundamente triste, seria, em outra hipótese, totalmente risível, posto que, mais do que anunciada, após anos e anos de Ocupamento Humano, desregrado e proibido, ao largo da Vacância de Autoridade no Estado, das suas Encostas, Matas e Mangues, num Déficit Habitacional que soma, ao menos, 13 milhões de moradias, Brasil a fora, dados somente ressalvados, a cada novo “Acidente”.
Assim é que, tendo a sua Segunda Metrópole, totalmente paralisada pelas águas, nessa terça feira, o Brasil, que mais no inicio do verão viu o mesmo drama se abater sobre a portentosa São Paulo, também implacavelmente, demonstrando que a Tragédia, infelizmente, é Patriótica, nos alcançando a todos, Mineiros, Paulistas, Cariocas e Baianos, ora em maior, ora em menor grau, indistintamente, enquanto as Autoridades se restringem, a cada evento, a mandar maquinas para remover os entulhos e caminhões para promover o transporte dos desabrigados para a Igreja, ou Escola mais próxima, até que se estabeleça a Calmaria, com o Prefeito Eduardo Paes, também, não foi diferente.
Assim é que, demonstrando súbita sensibilidade, passou a “Governar” a Cidade, parada, segundo as suas ordens, bem defronte das câmeras de televisão, enquanto era inundado por perguntas sobre as possíveis soluções.
São Pedro, por seu turno, que não é bobo e nem nada, lá do Céu, enquanto não poupava a Cidade de, mais e mais, mal tempo, talvez, prevendo problemas com o Tribunal Superior Eleitoral, lá em Brasília, acusado, eventualmente, em pleno Ano Eleitoral, de apoiar esse, ou aquele Candidato, tratou logo de causar embaraços, também, ao próprio Presidente Lula, naquele drama, impedido de inaugurar, enquanto na Cidade, obras do seu tão espalhafatoso PAC – Programa de Anunciação das Chuvas, lá no Morro do Alemão...
Em que pese a situação ser de Calamidade, tamanho o descaso das Autoridades Brasileiras, anos a fio, com os excluídos e com os sem casa, quem se proliferam, e morrem, nos morros do Brasil a fora, a cada verão, a Tragédia, totalmente presumível, com toda a sua dor e intensidade, somente pode ser explicada, na Paródia Infantil, que ouvi, ainda quando criança, em que a Menina, após ter dado banho no Gato, sob contrariedade da sua Mãe, informa o obvio:
- “Mamãe, eu dei banho no Gato, e o Gato morreu...”
No que responde a Mãe, irritada:
- “Minha Filha, eu não havia te falado para não dar banho no Gato ? –Complementando – Aposto que foi na hora de enxaguar, não foi Filha ?”
No que respondeu, com toda a sua inocência, a Menininha:
- “Não, Mamãe, foi na hora de Torcer...”
Enfim, como diria, então, o Poeta:
“É pau, é pedra. É o fim do caminho...”

 Comente este texto


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: eQYC (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.