A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Antuérpio Pettersen Filho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
JOAQUIM BARBOSA : “CAI O ULTIMO ANTEPARO DA REPÚBLICA...”
Por: Antuérpio Pettersen Filho

JOAQUIM BARBOSA : “CAI O ULTIMO ANTEPARO DA REPÚBLICA...”

Por : Pettersen Filho

Meio que, posto na Berlinda, isolado e impar, à frente da Suprema Corte Brasileira, fustigado por meia dúzia dos seus Pares, demais Ministros do Supremo Tribunal Federal, a Última das Cortes da República, à quem cabe dar a “Palavra Final”, ainda que se confrontando com eventuais interesses escusos do Executivo e Legislativos Pátrios, mediante uma assunção exemplar de uma das Cadeiras da Corte , cauta e séria, por cerca de onze anos, dos quais, nos últimos dois, à frente da Presidência do Tribunal Mor, caluniado e injuriado pelos que, cujos interesses mesquinhos, contrariou, finalmente, “Jogou a Toalha”, numa linguagem mais apropriada ao Boxe, o Ministro Joaquim Barbosa, anunciando, em plena Sessão da Casa, a sua precoce aposentadoria, para Junho próximo, embora não atingido pela “Lei dos Decanos”, que obrigaria a sua Aposentadoria, logo que completasse 70 anos, daqui a quase uma década.

Muito mais “Vitima”, ele mesmo, de uma atuação austera e moralizante, à frente do Órgão Supremo do Judiciário Brasileiro, quem se incumbiu da tarefa causticante de levar à Cadeia os melhores, e mais próximos, Colaboradores do atual Governo, Dilma Roussef, assim entendido como apêndice político, continuidade, do Governo Lula, José Dirceu, Delúbio Soares, José Genuino, e outros sacripantas, no corpo da Ação Penal 470, o vulgo Mensalão, conhecido pelo Esquema de desvio de verbas publicitarias, e compra de apoio político, no Congresso, ao Governo Lula, em 2005, Barbosa primou por embater-se, publicamente, ao vivo e a cores, com transmissão direta pela Televisão, em verdadeiros Rounds do Julgamento, em que chegou, mesmo, a chamar para um “Duelo” seu maior desafeto filosófico, o Ministro Ricardo Lewandowisk, que, ao que tudo indica, Herdará a Direção da Casa.

Primando por guardar posicionamentos rígidos, íntegros e notórios, contra os Réus do Processo, guardando às vezes de Implacável Promotor de Justiça, o que, diga-se de passagem, pode até ter-lhe retirado a necessária Isenção, como Juiz, o que, contudo, não retira a Legitimidade e Integridade da sua atuação, ao confrontar os Interesses Palacianos, Barbosa foi, além, um pouco que “Kamikase”, ao opor-se, de resto, a uma Tendência Absolvitória dos Réus, determinada pela novíssima composição do Conselho do STF, com o ingresso dos Novos Ministros, como Dias Toffoli, oriundos dos Quadros Ideológicos do próprio PT – Partido dos Trabalhadores, de quem passou a ser, nas suas posições mais brandas, uma espécie de Serviçal devoto.

Ultimamente, profundamente injuriado, ao revogar Prisões Domiciliares, como foi o caso do Genuino, usufruindo do tal Benefício, a pretexto da sua Condição de Saúde, bem como, ao retornar ao Presidio Delúbio Soares, agraciado, até então, com o “Benefício” da Saída para o Trabalho, no Aparelho Sindical do próprio PT, também. Censurado, por tentar revogar privilégios concedidos à Dirceu, no Presidio da Papuda, Preso Especial, com benesses que vão muito além dos demais Detentos do local, Barbosa, de fato e de direito, deflagrou um “Tiro no próprio Pé.”

Guerreiro, Homem Sério, Juiz Combativo, enfim, sinônimo da própria Palavra “Dignidade”, Desafeto Leal, que muito bem soube argumentar com os maiores Causídicos da República, Advogados outrora ocupantes dos maiores postos do Judiciário e Executivo da República, Ex Juízes, Promotores e Ministros, agora, à Serviço do que pode ser entendido como a personificação de todo o Mal, na maior parte das vezes financiados por Honorários Régios, às vezes de origem duvidosa, objeto do próprio Crime dos Réus do Mensalão, ou verbas “Chapa Branca” da República, o que é inadmissível, Barbosa deixa para trás, certamente, um Poder Judiciário dúbio, completamente Questionável, após ao que podemos, graciosamente, chamar de a “Era Barbosa”, e o seu Legado, totalmente incapaz de se olhar, a si próprio, no Espelho, sem que lhe acometa uma mínima náusea.

Por certo, debaixo de Salvas de Tiros de Canhão, e Marcha Marcial de uns poucos desonestos, a Nação, seguramente, guardará profundo Luto...

Leia também:
http://www.abdic.org.br/index.php/home-7/156-bate-boca-no-supremo-o-voto-lewiano-dowisk

http://www.abdic.org.br/index.php/home-7/155-joaquim-barbosa-a-desconstrucao-da-imagem-do-ministro

http://www.abdic.org.br/index.php/home-7/127-semipresos-genuino-dirceu-delubio


ANTUÉRPIO PETTERSEN FILHO, MEMBRO DA IWA – INTERNATIONAL WRITERS AND ARTISTS ASSOCIATION É ADVOGADO MILITANTE E ASSESSOR JURÍDICO DA ABDIC – ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DEFESA DO INDIVÍDUO E DA CIDADANIA, ALÉM DE SÓCIO CORRESPONDENTE DO INSTITUTO DE CIÊNCIAS BIOLOGIAS, POLÍTICAS E SOCIAIS DOM VASCO FERNANDES COUTINHO, QUE ORA ESCREVE NA QUALIDADE DE EDITOR DO PERIÓDICO ELETRÔNICO “ JORNAL GRITO CIDADÃO”, SENDO A ATUAL CRÔNICA SUA MERA OPINIÃO PESSOAL, NÃO SIGNIFICANDO NECESSARIAMENTE A POSIÇÃO DA ASSOCIAÇÃO, NEM DO ADVOGADO

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: JWJM (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.