A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Jornalismo
 
Fora Estado
Por: Francisco Amado

Frases proferidas por Paulo Kogos durante a entrevista:


“Ser um libertário é ser contra a iniciação de agressão, isso não significa que somos pacifistas, eu admito a agressão defensiva, mas não a agressão ofensiva. Você não pode agredir o direito de autopropriedade e tudo aquilo que decorre desse direito, como o direito a propriedade. Se uma pessoa defende a iniciação de agressão sistemática e institucionalizada contra inocentes, essa pessoa não pode se dizer um libertário. Então, uma pessoa que defende o estado mínimo não é um libertário.”


“PNA, o Princípio da Não-Agressão é um princípio que norteia a ética, é o estudo daquilo que é justo, qual deve ser a linha guia normativa, tem como base a não agressão contra inocentes. Nenhuma ação humana deve violar o princípio da não-agressão se ela quiser ser considerada ética.”


“O Libertarianismo é uma corrente ética, ele diz o que é justo ou não é justo fazer, é a ética baseada no princípio da não-agressão. O anarcocapitalismo é uma filosofia política que preconiza a não existência do estado e a substituição de todas as relações coercitivas por relações voluntárias dentro da dinâmica do mercado.”


“Num livre mercado onde haveria concorrência desimpedida, um incentivo para os donos de qualquer coisa seria atrair consumidores, atrair as camadas mais pobres principalmente pra poder ter lucro, não porque são bonzinhos.”


“Uma justiça privada onde não existisse a última instância geraria um tal grau de concorrência, de verificação, de double-check, que dificilmente um agente individualmente poderia se corromper para algum dos lados mesmo que um dos lados tivesse uma assimetria de poder econômico enorme. Uma decisão enviesada ou corrompida seria inválida, seria tonada inválida pela própria concorrência.”


“Se alguém contratualmente aceitar uma arbitração privada e não acatar a decisão, ele vai no mínimo perder a reputação dele e talvez os negócios que o tornem rico num livre-mercado dependam dessa reputação de mercado. “


“O processo legal deve obedecer o processo de descoberta empresarial. A lei é uma ciência, a única maneira de descobrir uma ciência é através da competição de mercado, não através dos decretos governamentais de um poder legiferante que positive uma lei, então as melhores normas seriam descobertas por um processo de mercados judiciários.”


“Eu sou um libertário deontológico, eu acredito no direito natural e essa é a minha linha guia normativa, se o anarcocapitalismo causasse pobreza, regresso tecnológico, guerra, eu continuaria sendo a favor porque eu sou libertário.”


“Se um pobre é assassinado e ninguém vai atrás, existe um precedente perigosíssimo aberta nessa sociedade, quem garante que você não vai ser o próximo, então é de interesse de todas as pessoas que o assassino seja pego, porque disso depende a minha segurança mesmo que eu não esteja nem aí para o mendigo, mesmo que eu não tenha nenhuma moralidade cristã e não esteja nem aí pra nada, mas poxa, se tem um assassino à solta aí, por favor peguem esse cara pelo meu próprio auto-interesse egoísta. ‘Se um homem quer proteger as suas liberdades, a primeira coisa que ele deve fazer é proteger a dos outros’ pra não abrir precedentes.”


“Aquilo que é considerado de direita hoje seria considerado de esquerda nos tempos da fundação dos estados unidos ou nos tempos pré-revolução francesa. A direita faz o ‘grande favor’ de defender a existência de um estado, que é a causa de todo o mal, então eu diria que a direita tá fazendo um serviço pró-esquerda muito maior do que o maior progressista dos libertários. É uma questão de magnitude e não de natureza. O fato é que a direita defende o estado e o estado é a causa de todo mal.”


“As áreas mais essenciais são a justiça e defesa, essas são as últimas áreas que o estado devia atuar porque elas são essenciais, eu prefiro que o estado cuide dos CDs de Axé Music porque se os cds forem ruins e caros, isso não me afetará muito, mas se a defesa for ruim e cara, isso vai me afetar muito.”


“O estado é incapaz de prover defesa porque ele é um agressor contumaz da propriedade privada, então como que alguém vai defender propriedade privada se a sua própria existência depende da agressão dela?”


“A minarquia necessariamente vai se expandir pelo seguinte, ao longo de toda história o avanço das ideologias do estado, a transição do feudo pro direito divino dos reis, o direito divino dos reis para a república, a república pra social-democracia, tudo isso nada mais é do que tecnologias de escravização para enganar o povo, para fazer o povo pensar que eles são livres.”


“Se houver algum limite para a liberdade de expressão, ela não é mais uma liberdade de expressão, ela é uma concessão de expressão, então ou ela é ilimitada ou você não tem liberdade, porque a única razão de ser da liberdade de expressão é proteger o discurso que te desagrada, proteger o discurso que você não gosta.”


“Em um mundo onde fosse permitido falar tudo, quem é que me daria crédito? E mesmo que eu fosse uma pessoa com crédito, o primeiro que usasse da verdadeira ciência para desmascarar o que eu falei causaria muito mais dano a mim que espalhou um boato do que à você. Então num mundo desses existiriam várias formas de compensar essa total liberação porque as pessoas iriam estar mais preocupadas com a verificação real dos boatos do que simplesmente aceitar esses boatos.”


“Existe uma diferença entre a calúnia e a denunciação caluniosa, por exemplo, se alguém falar ‘o Paulo Kogos é um ladrão’, pode falar, agora se alguém chegar pra polícia e falar ‘Prende o Paulo Kogos que ele é um ladrão’, ele com base numa mentira está incitando que eu seja preso e me prender, sendo que eu sou inocente, é um crime. Por isso a denunciação caluniosa é um crime e a calúnia não.”


“Sinotti, eu vou te contar um segredo: ‘Nós estamos vivendo na lei do mais forte, os estado unidos tem 12 porta-aviões nucleares, a rússia tem os cruzadores, os bombardeiros. Nós temos que tirar da nossa cabeça o paradigma de que o estado é alguma coisa moralmente superior ao resto da humanidade, o estado é um bandido extremamente bem armado e que por ora está dominando tudo.”


“Um pobre tendo a responsabilidade de arcar com os custos de tratamentos de sua saúde em um livre mercado teria todos os incentivos para cuidar da própria saúde, se o estado vai fornecer as coisas de graça para ele, o estado vai taxar quem é saudável e subsidiar quem não cuidou da própria saúde, ou seja, nós teríamos uma sociedade indo cada vez mais para a doença, ou seja, todo o sistema de saúde ficaria cada vez mais caro, sistematicamente. Num arranjo desse tipo, como as pessoas estarão cuidando melhor da sua saúde, o seguro saúde ficariam muito mais baratos, então um cara extremamente pobre poderia pagar um seguro desses, fazer parte de um consórcio pagando muito pouco e caso ele adoecesse os seguros iam cobrir gastos enormes pra ele.”


” Se a pessoa não tem recurso financeiro algum para tratar da própria saúde e você está tão preocupado com ele e eu também estou, vamos pegar o nosso dinheiro e dar pro médico ao invés de pegar o nosso dinheiro e dar pro estado e aí o ministro vai passar pro sub-ministro que vai passar pro sub do sub até chegar no médico, até aí 80% dessa verba já ficou nas mãos desses burocratas parasitas malditos de maneira ineficiente, de uma maneira fora do mercado, ou seja, ‘que tipo de doença vai ser atendida?’, ‘como é que um burocrata vai avaliar a urgência de cada atendimento, de cada caso?’ Não vai! A única maneira de fazer isso é cientificamente no mercado com os médicos, com os cientistas, que seriam diretamente subsidiados por aqueles interessados, ou o pobre faz um seguro, esse seguro tenderia a ficar mais barato à medida que mais pessoas aderissem, ou a caridade faz isso controlando diretamente esses médicos e cientistas pra compatibilizar o uso dessa verba para os casos mais graves, coisa que um burocrata não consegue fazer.”

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: TUJK (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.