A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

ANTONIO PAIVA RODRIGUES
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
BENESSES POLÍTICAS DO PARTIDO DOS TRABALHADORES (PT)
Por: ANTONIO PAIVA RODRIGUES

BENESSES POLÍTICAS DO PARTIDO DOS TRABALHADORES (PT)

“A felicidade que almeja está ao seu alcance, pois ela só poderá ser encontrada dentro de você mesmo. Se a procura em outros lugares, em outras pessoas, com certeza está se iludindo, uma vez que ela nasce primeiro dentro de você. Nada nem ninguém nos fazem feliz. A felicidade é um estado de espírito. Só você poderá conquista-la; os outros não podem trazê-la até você”. (Valdemir P. Barbosa).

“Cada um que passa em nossa vida, passa só, pois cada pessoa é única, e nenhuma substitui a outra. Cada um que passa em nossa vida passa sozinho, mas não vai só, nem nos deixa só. Leva um pouco de nós, deixa um pouco de si. Há os que levaram muito, mas não há os que não deixaram nada. Esta é a maior responsabilidade de nossa vida e a prova de que duas almas não se encontram por acaso...”. Pessoas sendo presentes de Deus, temos uma grande responsabilidade para com elas. Não basta simplesmente tolerá-las ou fazer pior, abandoná-las. Devemos aprender a conviver. Se você tem uma pedra e quer que ela lhe dê água, mas sabe que é impossível isso acontecer, tente ver nela uma utilidade. Por exemplo, veja se dá para descansar os seus pés, para proteger na sombra, para se sentar. As pessoas não são como gostaríamos que fossem cada ser único.

Esses presentes devem ser abertos com muito carinho. Devem ser cativados. (No mundo de Chico Xavier). A vida árdua nos cansa, deprime nos estressa apregoando culpabilidade que machuca, descortinando o véu da esperança. Mas, a esperança sempre estará a nossa disposição para vencermos os percalços que porventura surjam deliberadamente. Invade-nos o coração sem maldades, as bem-aventuranças são alegrias que irradiamos com constância. Credenciando-nos ao convívio da cristandade, da fraternidade ao sabor da amizade, iluminando noções de felicidades. E assim caminha a humanidade, uns praticando o bem e outros se inserindo no mal. Hoje sem dúvida o mal vem predominando sobre a mente humana, visto que a ganância monetária, a violência, a falta de amor, o egoísmo, a inveja vem dominando os seres humanos.

Vemos como muita ênfase esses fatos deletérios no seio da política brasileira, mas será que os congressistas brasileiros estão praticando política? Política é a ciência da governança de um Estado ou Nação e também uma arte de negociação para compatibilizar interesses. O termo tem origem no grego (Politká), uma derivação de (polis) que designa aquilo que é público. O significado de política é muito abrangente e está, em geral, relacionado com aquilo que diz respeito ao espaço público. Na ciência política, trata-se da forma de atuação de um governo em relação a determinados temas sociais e econômicos de interesse público: política educacional, política de segurança, política salarial, política habitacional, política ambiental, etc.

Será que todos esses aspectos vêm sendo objeto dos congressista que por dever devem defender os interesses das pessoas? Será de bom alvitre definir o que seja politicagem. Politicagem tem por objetivo atender a interesses pessoais ou trocar favores particulares em benefício próprio. Política reles e mesquinha de interesses pessoais. Refere-se aos políticos adeptos dessa política plural. Tem o mesmo significado de politiquice, politicalha, politiquismo. Politicagem tem por objetivo atender aos interesses pessoais ou trocar favores particulares em benefício próprio. Política reles e mesquinha de interesses pessoais. Senão vejamos: “As benesses para a família”. Filho, sobrinho, irmão – a todos Lula ajudou com seus trambiques. E eles gostaram. Luís Cláudio, o filho de Lula, a jogada do futebol americano lhe rendeu mais de R$ 2 milhões de reais.

Taiguara Rodrigues o sobrinho. Saiu do Brasil como vidraceiro e ancorou em Angola com R$ 20 milhões no bolso. Frei Chico, o irmão. Comunista que é, fez uma expropriação muito peculiar ao receber mesada de R$ 5 mil reais. Delação de Alexandrino Alencar, ex-diretor de relações institucionais da Odebrecht sobre a ajuda a família de Lula. “pagamos R$ 700 mil para a empresa do filho de Lula”. “Lula pede para Emílio (Odebrecht ajuda para Luis Cláudio (filho caçula de Lula) iniciar carreira empresarial). Apresentou para mim Emílio um projeto dele criar uma liga de futebol americano no Brasil”. “Fui encarregado disso. O que ficou de pé foi o apoio de marketing uma empresa chamada Concept, que já trabalhava conosco. Pedi que trabalhassem com o rapaz. Combinei que pagaríamos 90% do custo da Concept e ele, 10%. A Concept foi remunerada em R$ 700 mil por ano, por nós.

Durante três anos. Mantive uma mesada para Frei Chico (irmão de Lula) durante os treze últimos anos. Pagamos R$ 5 mil por mês para ele”. Ela sabia. Marcelo Odebrecht afirma que a ex-presidente tinha consciência do uso de contabilidade paralela em campanha. Petista afirma que “acusações são mentirosas”. “A razão pela qual eu estava doando aquela dimensão que eles conheciam é porque eu tinha uma agenda grande”. (Marcelo Odebrecht). O marqueteiro João Santana, que recebeu recursos da campanha Dilma em 2014. Delação de Marcelo Odebrecht sobre o pedido de R$ 100 milhões para a campanha de Dilma em 2014. “Dilma sabia da propina”. “No que tange a questões de caixa dois, tanto Lula quanto Dilma tinham conhecimento do montante, da dimensão de todo o nosso apoio ao longo dos anos”. Tudo o que contei (sobre o pagamento de propina) para Graça Foster, ex-presidente da Petrobras eu contei para Dilma.

“O governo não resolvia os problemas. Não é justo. Até fiz uma nota enorme, de cinco, seis, sete páginas com todos os problemas que a gente tinha. Mostrei para Dilma, (Guido Mantega, ex-ministro da Fazenda). Tinha prometido para Guido os R$ 100 milhões. Tinha problemas com outras áreas que não eram relativas a ele, eu não podia com elas”. “Ele fez um pedido adicional e eu falei que não podia fazer mais (doação) oficial, por causa do relativismo com os outros candidatos, mas que poderia dar via João Santana. Eu disse que estava com dificuldade de fazer via caixa dois, por causa da Lava Jato, que estava difícil movimentar dinheiro, e ele me falou para doar par os partidos da coligação”. Um sindicato do crime: As principais lideranças petistas ou estão presas ou sob investigação. Entre os 98 citados na lista de Edson Fachin, nomes ligados ao ex-presidente Lula ganham destaque e comprovam que o PT se transformou em uma escola de corrupção. Os integrantes da quadrilha: Guido Mantega, Paulo Bernardo, Lindberg Farias, Humberto Costa, Vicentinho, Marco Maia e Maria do Rosário.

Delação de Fernando Luiz Ayres da Cunha Santos, ex-presidente da Odebrecht Ambiental, sobre José Dirceu. “Pagamos porque não queríamos ter o Zé Dirceu como inimigo”. “Identificamos pagamentos de R$ 350 mil, a pedido do José Dirceu”. Também doamos R$ 250 mil, em 2010 e R$ 250 mil em 2014. Nós doamos, a pedido dele, para as duas campanhas a deputado federal do filho dele, o Zeca Dirceu, com caixa dois. Esse apoiamos sem conhecer. Não acredito que nenhum executivo ligado a mim tenha conhecido o filho dele. Com o apoio, o que a gente buscava era não ter o Zé Dirceu como inimigo. Apoiar o filho dele era, basicamente, não tê-lo como inimigo. Ele, mesmo fora do governo, ainda tinha muita influência na máquina, Tinha seus tentáculos na máquina.

“Ele tinha muita penetração nos Estados, em algumas prefeituras, na própria Presidência da República”. Gleisi Hoffmamm senadora pode se tornar a nova presidente do PT. (Fonte: Revista “Isto É”). “Cabral roubou em todas as áreas”. O descalabro sofrido pelo Rio de Janeiro nas mãos do ex-governador Sérgio Cabral, o grande predador dos cofres públicos. O encontro do ano, enfim aconteceu. A audiência colocou frente a frente pela primeira vez o juiz Sérgio Moro e o ex-presidente Lula. No ringue da 13ª. Vara de Justiça de Curitiba, um dos dois projetos poderá ser nocauteado. O futuro da Lava Jato e a estrutura do petista de politizar um processo jurídico a fim de pavimentar uma nova candidatura ao Planalto. Lula terá que explicar a aquisição do tríplex no Guarujá foi um presente da OAS em troca de Benesses que a empresa obteve no governo petista. Petistas pedem que a audiência seja transmitida para telões na rua, mas a justiça não permitirá que vire espetáculo político.

Forte esquema de segurança foi mo0ntado pela PM. O prédio da Justiça Federal será cercado e será permitida a entrada apenas de réus e seus advogados. O embate jurídico Palanque eleitoral. Os preparativos do público e a logística que envolve a chegada de Lula a Curitiba. Congresso Petista: Parlamentares do PT chegam a Curitiba. Haverá reunião da Executiva Nacional do partido em defesa de Lula. Jatinho. Lula deverá chegar a Curitiba em jatinho alugado. “Feriado” no Fórum. O prédio da Justiça Federal será isolado do público e dos jornalistas. Nenhuma Vara vai funcionar, só a 13ª. , para receber o ex-presidente para o depoimento que começa às 14 h. Só os réus, advogados e funcionários da Vara terão permissão para entrar no prédio. Isolamento.

A Polícia Federal vai fazer um cordão de isolamento nas ruas próximas ao prédio. Só moradores e pessoas que vão à audiência poderão entrar. Ato pro Lula. Parlamentares e movimentos sociais de esquema devem fazer um ato pro Lula em local próximo do prédio da Justiça Federal. O PT fala em reunir 50 mil pessoas. Ato Anti-Lula. É esperado que os movimentos anti-Lula, de verde e amarelo, fiquem concentrados nas imediações da Praça Pedro Brotto. O desafio dos policiais será evitar o confronto entre os dois grupos. Como todos sabem o encontro aconteceu e os vídeos foram liberados e o público pode ver a inquirição do ex-presidente Lula que disse de nada saber como já era esperado. O Juiz Sérgio Moro que julgará baseado nos autos do processos e das testemunhas que prestaram depoimento. Lula estava bastante nervoso, bebeu muita água, mas o Juiz Moro tranquilo como sempre foi. Pense nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES- MEMBRO DACI-JORNALISTA-MEMBRO DA ACE- DA UBT- DA ALOMERCE- DO PORTAL CEN (LUSO-BRASILEIRO E DO RECANTO DAS LETRAS).


Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: BGRX (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.