A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Jornalismo
 
GESTÃO E GOVERNOS FRACASSADOS
Por: ANTONIO PAIVA RODRIGUES

GESTÃO E GOVERNOS FRACASSADOS

“Paixão é um estado de entrega prazerosa, nela olhamos tudo por seus melhores ângulos, vemos as qualidades muito mais que qualquer defeito. Forte é aquele que reconhece suas fraquezas; sábio é aquele que trabalha para eliminá-las”! (Carlos Hilsdorf).

Nunca na história política do Brasil vimos tantos descasos que estão prejudicando em todos os aspectos toda uma população de um País massacrado, sofrido, desestruturado pela incompetência de quem o dirige. Como posso esperar milagres de um País onde mataram e enterraram a política, que era praticada há muitos anos, e de um momento para outro passaram a adotar a politicagem maldita, mesquinha, dolorosa onde políticos gananciosos sugam todos os dias o sangue dos brasileiros menos aquinhoados, e os que são assalariados.

Presidente Michel Temer quer açambarcar R$ 10 reais do salário mínimo dos trabalhadores na tentativa de amenizar o rombo da Previdência Social, que os maus políticos fizeram sem usar instrumentos de sapa, mas usando a traquinagem, a esperteza, pois a Previdência Social sempre foi o poço de onde tiraram dinheiro para outras finalidades, e jamais repuseram o que foi retirado.

Todos nós sabemos que se tirarem água demais de um poço a tendência natural é secar, e é justamente o que fazem aqueles que dirigem a nação brasileira. Por que os políticos que ganham vencimentos exorbitantes não doam a metade para recuperar a Previdência? Seria uma medida que a população aplaudiria com certeza. Viver é relacionar-se. Algumas pessoas são alfabetizadas emocionalmente e, graças à maturidade adquirida, utilizam a inteligência emocional e a habilidade interpessoal para relacionarem-se com as pessoas.

Outras agem como analfabetos emocionais: não atingiram um estado de maturidade emocional e agridem as outras pessoas com sua forma de relacionar. Estamos vivendo essa situação nos dias atuais, visto que ninguém se entende, seja para servir ou ser servido em algum momento. Uma das maiores características da inteligência emocional é a capacidade de exercitar a empatia, ou seja, compreender o que o outro está vendo e sentindo, da perspectiva dele, não da nossa. Ficamos a meditar e nos preocupamos bastante com o que vem fazendo os nossos representantes políticos, sejam Governadores, Deputados Estaduais ou Federais, Senadores, Ministros de Governo ou da Justiça, Presidente da República, Vereadores e aqueles que seguram cabides com força para não perderem a boquinha.

São os que auxiliam os prefeitos nas chamadas regionais. O que eles fazem e o que representam para os bairros? Sinceramente nada. Dizemos isso com conhecimento de causa, pois muitas capitais não possuem saneamento básico (obra enterrada não dá voto), ruas sem calçamentos, avenidas sem conservação e cheias de buracos, lixo em forma de rampa e Postos de Saúde sem médicos e sem remédios. A figura de um governador ou de um prefeito tem uma importância primordial para uma capital e para um Estado, mas não é isso que acontece, pois o descaso é total.

Prefeitos têm que saírem de seus gabinetes com ar condicionado e visitar as obras em andamento, e ver os pontos onde o lixo toma conta das ruas e avenidas. Aqui em nossa querida Fortaleza uma empresa de nome Cagece ao fazer uma ligação de água, cava buracos e depois fecha com areia e o asfalto só vem quando o povo denuncia. Tem gente de boa índole que para evitar que motoristas desavisados sofram acidentes colocam resto de árvores, pneus atrelados à madeira, pois não existe respeito com o motorista que sofre com seus carros quebrados por terem que rodar em asfaltos desnivelados parecendo mais com a parte dorsal de um crocodilo. Rios, lagos, lagoas, riachos estão poluídos e os aguapés tomam conta dos mananciais de água. Se quiserem confirmar é só dar uma passadinha próximo ao Rio Cocó que todos presenciarão os descasos. Que cidade mal administrada a nossa.

Um homem de “grande inteligência” municipalizou o trânsito criando a AMC (Autarquia de Trânsito) só que essa autarquia não controla o trânsito em nada, pois não conseguimos vislumbrar um agente de trânsito em engarrafamento, mas presenciamos viaturas no Centro e em alguns pontos da capital multando sem dó e piedade. Hoje o trânsito de nossa sofrida capital está assim: AMC – Guarda – Municipal e, Agentes terceirizados. É um abacaxi sem tamanho. Como anda o trânsito nos 184 municípios cearenses? Muitos deles nem trânsito têm.

É lamentável. É bom sabermos que a tolerância é o caminho suave que permite a convivência entre as diferenças.
A tolerância aproxima as pessoas! Tolerar não significa aceitar passivamente tudo, até mesmo aquilo com que não concordamos; significa respeitar as diferenças, colocando nossos pontos de vista com humildade e serenidade. Muitas vezes, pensamos que toleramos os outros, mas, na verdade, nós é que somos tolerados por eles! A tolerância é o exercício simultâneo do amor, da humildade e da paciência. Exerça a tolerância e a jornada da vida será mais leve. Em um mundo repleto de tantos conflitos, ofereça sua paz em forma de tolerância! Poderemos fazer isso, mas a incompetência política nos impede de agirmos assim.

Temos visto na mídia propaganda bonitas sobre Fortaleza e o estado do Ceará que às vezes sonhamos acordados pensando que estamos na Europa. Um governador exterminou a Hospital da Polícia Militar e passou para o SUS, depois que o - “Barba” criou a Previdência Estadual. Exterminaram a Academia de Policia Militar para construção de um local para eventos. Um Secretário de segurança, mais conhecido como borboletinha teve a infeliz ideia de criar uma Academia única para formar toda a Segurança do Ceará.

Lamentável! Hoje o ISSEC não tem verba nem para liberar uma limpeza de lentes para quem foi operado de catarata. O servidor público desconta 11,5% do bruto para o malfadado ISSEC, mas nem sempre é atendido. Aqui fazemos uma indagação: Para onde vai o dinheiro que o governo arrecada do ISSEC? Policial quando é ferido em combate tem que ser atendido no “Frotão” e lá não está seguro, pois meliantes podem invadir a unidade e tirar a vida do policial. Minha gente como existem irregularidades, tanto na Prefeitura como no Estado que se fôssemos colocar tudo no papel teríamos que confeccionar uma enciclopédia. E o Aquário quando irão terminar?

As Obras do Metrofor quando sairão? Será que nós precisamos de aquário ou de hospitais de grande e pequeno porte? Quando irão devolver o Hospital e a Academia que tomaram da Polícia Militar? Pagamos um grande percentual de taxa de iluminação pública, no entanto, a maioria das ruas está às escuras. Estamos envergonhados, assustados, pois a violência toma conta do nosso Estado e do Brasil. Senhores olhem com bons olhos para as Praças José de Alencar, Praça do Ferreira e a da Parangaba, visto que elas correm o risco de se transformarem em futuras cracolândias.

Todo cidadão esclarecido sabe onde mora o perigo, mas as autoridades se mostram cegas para as dificuldades. A Organização das Nações Unidas prevê um percentual de um policial para 250 habitantes e se fôssemos transformar em números reais o nosso efetivo policial estaria defasado em mais de 100%. Quando o governo do Estado irá obedecer a Constituição Federal que afirma que em cada Município deve existir uma delegacia com um delegado de carreira, isto é com curso de direito (advocacia) e formação acadêmica, na Academia de Polícia Civil.

Senhores o que aqui se insere é tão somente o mínimo que os políticos cearenses poderão fazer por nós, pois jamais cumprirão o que estabelece a Constituição Federal no seu artigo 5º. Direitos iguais para todos, tais como, Segurança, Saúde, Moradia e Educação de qualidades. Senhor tende piedade de nós, pois os políticos que aí estão são verdadeiros vampirizadores. Lembre-se de que a corrupção tem sido um maremoto, um tremor de terra e um tsunami para o Brasil. Pense nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-MEMBRO DA ACI- DA ACE- DA UBT- JORNALISTA- MEMBRO DO RECANTO DAS LETRAS- DO PARA LER E PENSAR- DO PORTAL CEN (LUSO- BRASILEIRO) E DA ALOMERCE.

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: ReBB (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.