A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Antuérpio Pettersen Filho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
NELSON MANDELA E LUIS INÁCIO LULA DA SILVA: “DIFERENÇAS & IGUALDADES...”
Por: Antuérpio Pettersen Filho

Por : Pettersen Filho
Desde que, recentemente, erigido à condição de Preso Comum, conduzido ao início do cumprimento de uma Pena de mais de doze anos que lhe foi imposta pela Justiça, pelo cometimento de crimes afetos a corrupção, enquanto Presidente da República, Luís Inácio Lula da Silva, agora, definitivamente encarcerado, sempre gostou de paradigmas, às vezes, dentre as suas realizações, comparando-se, em sua mente insana, a brasileiros históricos, Getúlio Vargas, JK, e, mesmo Jesus Cristo, ao referir-se a si mesmo: “Nunca antes na história desse País”, em sonoros arrotos de ufanismo, exortado por público qualificado, geralmente um bando de asseclas, ou bodes expiatórios partidários, ligados a CUT ou MST, beneficiários originários em seu Governo de vultosas verbas institucionais de Brasília, à titulo de cego apoiamento, qual não foi no seu ultimo discurso, enquanto abrigado na sede dos Metalúrgicos do ABC, porquanto negociava a sua rendição.
Agora, recolhido ao cárcere, já existem os que o comparem, se não ao próprio Cristo, defensor dos frascos e comprimidos, por seu ácido discurso, e repito, mero discurso, porquanto desde o sempre, valendo-se da mística humana, em qualquer sociedade, de sempre ser mais favorável ao aparentemente fraco, diante do mais forte, por apiedamento, ou índole humana, porquanto, sempre discursou para o Pobre, mas, na verdade, na pratica, mesmo, Governou para os Ricos, em seus Programas “Minha Casa, Minha Vida”, beneficiando empreiteiras e construtoras, no Prouni ou FIES, mais favorável a Grupos de Entidades de Ensino Particular, a quem perfazia repasses, do que alunos ou cidadãos, quando não, em suas medidas, diante de uma política de juros estratosféricos praticados no Brasil, mais favorável a Banqueiros, o que convenhamos, compara-lo a um Messias, é um certo exagero, ou despautério, olhado seja por qualquer ótica seja, quando não, no plano mais terreno, há, contudo os que, ora, já o comparam ao Presidente Sul Africano, Ex-membro do Congresso Nacional Africano, Prêmio Nobel da Paz e verdadeiro Herói da Paz, que incitou a Não-violência, quando exorta Lula o confronto de classes, em sua árdua jornada de resistência contra o Regime de Apartheid, e segregação racial, da África do Sul, 27 anos a fio recolhido ao cárcere na Ilha Robben, antes de abolir o Apartheid no País, o que, também não se correlaciona, posto que, ao contrário de Lula, que, no Poder se associou a tudo quanto é corrupto, Mandela desfez-se até da própria Esposa, Winne Mandela, ao detectar em suas praticas, no seu Governo, por corrupção.
Alento necessário, única esperança aos seus militantes, cegos devotos, mesmo diante de provas irrefutáveis da sua corrupção, aos Petistas, e toda a sua Dinastia, outra esperança não resta, a não ser serem varridos, enquanto apodrecem no degredo da História, ao endeusar um ser Divino, metaforizado em Lula, do que depararem-se, no caso de Lula, com a realidade crassa de mais um simples Criminoso Comum, da pior espécie, que aprisionou, junto com ele, todo o resquício da Esquerda Ideológica brasileira, ímpia, também a Esperança no futuro de toda uma Nação.
Por mim, que um dia votei nele, que joguem fora a chave da sua Prisão:
Bandido, se quer comparar-se a Mandela: 27 anos de prisão o aguardam !

Antuérpio Pettersen Filho, membro da IWA – International Writers and Artists Association, é advogado militante e assessor jurídico da ABDIC – Associação Brasileira de Defesa do Individuo e da Cidadania, que ora escreve na qualidade de editor do periódico eletrônico “Jornal Grito do Cidadão”, sendo a atual crônica sua mera opinião pessoal, não significando necessariamente a posição da Associação, nem do assessor jurídico da ABDIC.

Comente este texto

 

Comentário (4)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: KYBT (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.