Seleção de Livros! Clique e confira.

A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Jornalismo
 
Depois do jogo... a reflexão!
Por: YÉ GONÇALVES

O jogo da Seleção Brasileira, desta sexta (22), contra a carismática Seleção Costarriquenha, pela entrega dos jogadores em ambas as equipes, leva-nos à seguinte reflexão:

O povo brasileiro é representado por políticos que, em média, deixaram a desejar em seus mandatos, sendo, conforme apurações, envolvidos em escândalos, corrupções que jamais se vira antes. Em consequência, a população é assolada pelos descasos dos referidos representantes, aumentando-se os índices de criminalidade, da deficiência da prestação do orologi replica panerai serviço público à saúde, à educação, à segurança, aos transportes, do desemprego, resultando na desesperança e na descrença do povo em melhorias futuras para a coletividade.

Neste contexto de escândalos, decepções, manifestações, greves e prejuízos, inicia-se a Copa do Mundo, levando o povo ao delírio, ao envolvimento com as vibrações festivas que o futebol sempre proporciona.

Desta vez, o povo sendo representado pela Seleção Brasileira, com toda a sua equipe de jogadores, comissões, etc e tal, como forma de se buscar o resgate da fé, da esperança e de muitos trabalhos pela frente.

Então, entra em campo a Seleção, a execução do Hino Nacional, mexe com o sentimento de todos, todos agora unidos em um só pensamento, a irmandade, unidos chegaremos juntos.

No primeiro jogo o empate perante a Suíça. Vêm as reflexões, os desânimos de uns e as mensagens de esperança de outros. Ainda há chances. Oportunidades de superação.

O tempo passa e nos bastidores da política, da economia, como vão as coisas por lá?

Agora, neste jogo contra a Costa Rica, os gols saindo nos acréscimos, após a entrega de luta dos jogadores, deixa para todos nós brasileiros que o Brasil tem jeito, não apenas no futebol, mas na evolução política, administrativa e em todos os segmentos.

O povo vibra, não perde a esperança de ver o primeiro gol. E veio, por consequência, o segundo. E viriam mais gols se não fosse a determinação do tempo.

Diante de tudo isso, é preciso que levemos essas vibrações, com os pés no chão, para o país que encontraremos após a Copa.

Haverá corrupção? As manifestações (as greves) terão continuidade? As filas do SUS estarão reduzidas? Os índices de criminalidade estarão em baixa? Pararan pararan...

O que se espera do Brasil pós-copa? O hexa? Hein?!!!

Que possamos acordar e nos despertar para o novo desafio: o das Eleições.

Que possamos levar para as urnas a fé, a esperança, as vibrações de irmandade, de estarmos unidos para chegarmos juntos ao objetivo comum, mostrando a nossa força de superação, de que podemos, mesmo nos acréscimos, tomar conta deste país das maravilhas, de tantas alegrias, a imagem do seu povo.

Que conquistemos o hexa. Mas o hexa da libertação. O hexa da justiça social.

E assim estaremos bem melhores, acreditando e promovendo o nosso Brasil para melhor em todos os aspectos.

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: XMZV (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.