A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Jornalismo
 
Brasil dos sonhos nossos
Por: Marlene Nascimento

Fim do espetáculo da Copa do Mundo, retornamos à rotina. A derrota da seleção brasileira, formada pela mais inexpressiva seleção que o Brasil já teve, foi deveras triste para as crianças e adolescentes que ainda não sentiram a emoção de ver o Brasil sagrar-se campeão. Bem, que venha a Copa de 2022 em Qatar, para esses brasileirinhos inconformados, quando poderão torcer alegremente pelo nosso país.

E vem aí o Dia dos Pais em agosto, o Dia da Independência em setembro, em outubro votaremos, em novembro teremos os dias da Proclamação da República e da Consciência Negra, e finalmente será Natal e Ano Novo. Fim de 2018! Por enquanto sigamos, vivendo um dia de cada vez, solucionando os nossos problemas, aguentando firmes as tensões e frustrações do dia a dia. Sim! Sigamos, algo esperançosos que as novas eleições descortinem novos horizontes para todos.

Porém, sabem, apesar de toda corrupção e pilhagem reinante no nosso belo país, devemos dar graças por sermos brasileiros. Diante de outros países governados por ditadores, à exemplo da Coréia do Norte (que horror de país!), nós estamos muito bem. Possuímos o livre-arbítrio de idas e vindas, de fazer e acontecer. Se alegam que a economia no Brasil vai mal, em equivalência os pobres encaminham-se muito bem. Eles agora tem casas bonitas repletas de parafernália eletroeletrônicas, viajam de avião, adquirem invejáveis carros zero, e fazem das tripas coração para manter seus filhos em escolas particulares, caríssimas!

Quem poderia crer que no país dos sonhos nossos existam sucateiros que tenham conta-poupança? Se volvermos poucas décadas veremos que sobreviver àquele tempo - em que não havia bolsa-família, não existiam brechós para comprar agasalhos e calçados baratos no frio extremo da época, não existiam restaurantes de um real, não existia o Projeto Cingapura, não existia o Movimento dos Sem Terra, nada que tornasse menos sofrida a vida dos chibatados pela vida, pela Fome – não era brincadeira.

Deveras que a economia não está tão mal assim, conquanto o Brasil esteja dando ré para ser o que foi por séculos, um país subdesenvolvido. Até porque vivemos a deprimente e incompreensível época na qual estudantes mirins não sabem quem foi Machado de Assis, Castro Alves, Rui Barbosa, Álvares de Azevedo, Gonçalves Dias... Esse é mais um dos golpes de misericórdia contra o crescimento da nação brasileira.

 Comente este texto


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: KJGM (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.