A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco | CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Jornalismo
 
Enfim, 2019!
Por: YÉ GONÇALVES

Enfim, 2019! O tão esperado ano das promessas de renovação. Ou, quem sabe, a marca de uma nova era, não apenas no campo político e econômico, mas, principalmente, no que toca na intimidade de cada um de nós, do nosso modo de nos ver e de ver o mundo, de nos interpretar e de interpretar o mundo, e de nos identificarmos com o outro, a fim de desenvolvermos em nós a empatia.

O ano passado foi marcado, dentre outras, pelas crises econômicas e, também, pelas crises morais. Foi bastante lamentável o ânimo caloroso nas disputas eleitorais, quando as trocas de ofensas morais ficaram nitidamente marcadas, não somente pelos candidatos, mas pela grande massa de eleitores que usou as redes sociais divulgando a intolerância e o desrespeito para com a opinião adversa do outro.

Mas, vamos lá! O ano velho passou e o ano novo chegou. Resta-nos tirarmos proveito positivo do aprendizado. Se acertamos e se erramos, façamos o balancete de consciência. Listemos de um lado, o que acertamos; de outro, o que erramos. Não percamos a autopaciência! É hora de darmos uma chance para nós mesmos, para a nossa paz interior e seguirmos em frente procurando fazer o melhor de nós, como sugestão, traçando metas ou uma meta, mas que façamos o máximo para vencê-las ou vencê-la.

Podemos ter apenas uma meta. Por exemplo, evitarmos a maledicência [a famosa "fofoca"] durante o ano em pauta. Se conseguirmos batê-la, estaremos desenvolvendo em nós as virtudes dos bons pensamentos e do falar bem dos outros e do silenciar-se, promovendo em cada um a pacificação, a misericórdia, a pureza de coração, a mansidão, a humildade, etc e tal.

Também, caso queiram, outras metas, tais como: não sonegar impostos; respeitar o direito do outro; cuidar mais de si, da alma e do corpo; e, quem sabe, tentar imitar Jesus ou mesmo ser um Jesus em todos os momentos da vida.

O tão esperado ano chegou. Que possamos cobrar mais probidade do poder público e de seus agentes. Exigir os nossos direitos e que os outros também exerçam os seus direitos. Entretanto, é fundamental que façamos a nossa parte em nossas obrigações, tanto cidadãs quanto pessoais, tornando-nos mais empáticos.

Enfim, 2019!!!

Comente este texto

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: SMDE (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.