A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Jornalismo
 
Tragédia de Brumadinho - estava tudo ok
Por: Marlene Nascimento

"O único meio de controlar pessoas é mentir para elas."
Ron Hubbard: fundador da Igreja da Cientologia - que submetia seus adeptos à programas de isolamento, jejum e introspecção (lavagem cerebral).


Assombroso demais o que aconteceu em Brumadinho, município de Minas Gerais. Depois de três anos da Tragédia de Mariana, assistimos essa tragédia d’agora com dez vezes mais o número de vidas humanas sem contar às demais vítimas da fauna, e nos vemos de novo, outra vez e novamente, diante de uma tragédia pavorosa. Segundo informações, a Agência Nacional de Mineração afirmou que Barragem de Brumadinho foi vistoriada em dezembro passado sem que tenha sido encontrada nenhuma falha de segurança. Mas agora, o resgate de pessoas no mar de lama é... Não, não encontro palavras para descrever tanto horror.

O Brasil é isso... Fiscalizadores altamente graduados de monitoramento de risco que ao fim das vistorias afirmam que está tudo ok. Também estava tudo ok antes das tragédia dos edifícios Andraus e Joelma, estava tudo ok antes dos desabamentos dos edifícios Palace 2 e do Moulin Rouge, estava tudo ok antes da tragédia da Vila Socó, estava tudo ok antes da tragédia com o Césio 137, estava tudo ok antes do incêndio da Boate Kiss, estava tudo ok antes do desabamento da ciclovia Tim Maia, estava tudo ok antes do Desastre de Mariana, estava tudo ok antes dos incêndios do Museu Nacional e o da Estação da Luz, estava tudo ok antes do desabamento de prédio no Largo do Paissandu. Sim, estava tudo muito ok antes.

Desastres Naturais são resultantes da natureza do planeta e representam mudanças no ciclo na Terra. Um espirro bem dado da caprichosa Mãe Terra e... era uma vez uma bela ilha! Contudo, desastres ambientais são provocados por imprudência, descaso e negligência humana.

Darei um bom exemplo. Certa instituição no bairro vizinho de onde eu moro, é um conglomerado onde transita uma média de 1500 pessoas, fora uns quase 300 funcionários. Não sei a idade do prédio, mas se presume ser da primeira metade do século passado. Toda fiação principal é ainda do tempo da construção do prédio. Atualmente tem fios emendados para todos os lados e amiúde acontece um curtinho aqui e ali (coisa boba, nada importante). Não raro sentimos cheiro de fumaça vindo de algum lugar. Os "conserta tudo", sem formação técnica adequada em construções de grande porte,vão lá e dão o tal do famoso jeitinho brasileiro. Há três anos foi comprado um estoque de ar condicionado para colocar em todos os consultórios médicos. Foram ligados. Principiou a dar curtão pra todo lado. Foram desligados. Nos fundos da unidade principal tem dois corredores extensos com consultórios e sem saídas de emergência. No caso de um incêndio muitos ficariam encurralados sem ter por onde sair. Nem saltar. As janelas são vidraças. Há poucas semanas uma médica descobriu uma gambiarra grotesca ligada ao aparelho de ultrassom com o qual ela realiza exames. Na instituição circulam cadeirantes, pessoas com restrições motoras severas, pacientes excepcionais e muitos idosos. Funcionários da instituição sempre brincam tipo, “No dia que isso aqui pegar fogo... Salve-se quem puder!” À ESSA BRINCADEIRA MUITO ENGRAÇADA DÁ-SE O NOME DE TRAGÉDIA ANUNCIADA.

Tragédia anunciadas são improváveis para os gigantes do poder. Corrupção flexibilizando leis ambientais, fome de poder, vista grossa, falta de humanidade, falta de vergonha na cara da vida, são os mais importantes fatores que geram perdas de vidas em tragédias ambientais, em verdade, crimes ambientais!

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: OCGf (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.