A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
O mundo das chuteiras
Por: JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA

A importância de um potencial craque de futebol


O que têm em comum as tragédias que aconteceram na boate Kiss, no rompimento da barragem de rejeitos em Brumadinho e no incêndio no alojamento do Centro de Treinamento do Flamengo? Todas foram em atividades sob responsabilidade exclusiva da iniciativa privada. Mas há um fato que chama a atenção pela repercussão nacional e internacional. Apesar dessa matança cruel ocorrer no Brasil, a manifestação do exterior mostra que algumas vidas são mais importantes que outras, não se levando em conta a quantidade de mortos nos casos citados. Por que isso?!
Infelizmente, além da impunidade esperada pela sociedade brasileira, como no caso da boate Kiss, o mundo do futebol mostrou a sua solidariedade com os garotos vítimas que sonhavam brilhar como profissionais nos quatro cantos do planeta. Craques do passado e da atualidade postaram mensagens de apoio e consternação. Técnicos vencedores também se fizeram presentes... até o eterno Rei Pelé se pronunciou sobre o triste episódio. Promessas que passaram por divisões de base também deram o ar da graça – enfim, aflorou em todos o que há de melhor.
Estranhamente o ser humano tem um comportamento difícil de explicar. Por acaso a vida de uma pessoa que poderia brilhar nos gramados do mundo, encantando torcidas e conquistando títulos ao clube que defenderia, é mais importante que a do estudante que morreu, também queimado, na boate Kiss? Ou do trabalhador que foi soterrado no lixo tóxico da Vale, em Brumadinho? Sentimentalismos à parte, com todo respeito às vítimas e familiares dos que foram atingidos no Ninho do Urubu, mas uma vida não pode ser valorizada por esses critérios. Portanto...
Desconheço que houve uma manifestação de solidariedade internacional, por parte de estudantes, para o que aconteceu em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, para confortar os familiares das vítimas da boate Kiss. O que se sabe é que até hoje ninguém foi responsabilizado pelo que aconteceu, estranhamente apoiado pelos meandros da nossa Justiça. Se a educação é o item fundamental para o futuro do país, a crença popular diz isso repetidamente, a realidade mostra que a prática está bem longe do discurso. Coitados dos parentes das vítimas que se foram!
Lamentavelmente tudo isso que aconteceu poderia servir de exemplo para evitar que se repitam no futuro, mas todos sabemos que a visão de empresas e empresários é voltada para outros interesses. Falou-se que o alojamento que pegou fogo não tinha o Habite-se, o documento oficial que autoriza a ocupação para determinado fim. Soube-se também que não havia saída de emergência. O fato é que ouviremos muita especulação e pouco esclarecimento da parte responsável pelo local. Mas se apenas as mensagens de solidariedade confortam os familiares...
Enquanto os casos citados não receberem o tratamento que merecem, as manifestações de solidariedade e tentativa de conforto têm pouco efeito reparador dos danos causados às vítimas. A Vale colocará um batalhão de advogados, além de contar com o apoio de parlamentares que ajudou nas campanhas eleitorais, para demonstrar que operou sob as exigências legais e que o ocorrido foi uma fatalidade. Quem duvida disso? Os desaparecidos farão parte da história e a vida seguirá o curso normal. Simples assim! O deus mercado autorregulado só traz o progresso!
Mas o Serviço Público também contribui bastante para gerar vítimas do descaso. Quem desconhece o que acontece com os viadutos nas grandes cidades? O alerta de que a maioria está com a estrutura comprometida, oferecendo um risco enorme à população, já cansou os ouvidos das autoridades responsáveis? A mídia insiste nisso por alguns dias, mas depois deixa o assunto de lado porque surgem notícias quentes e imperdíveis. Mas quando a desgraça acontece as manchetes estampadas têm como título “uma tragédia anunciada”. Isso dá muita audiência!


J R Ichihara
10/02/2019

 Comente este texto


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: HZWI (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.