A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
Criança trabalhando pelo futuro do país
Por: JOSE ROBERTO TAKEO ICHIHARA

Mirem-se nos bons exemplos?


Qualquer cidadão que possui um mínimo de inteligência, seja de qual país for neste planeta, tem consciência que nenhuma sociedade se desenvolveu sem investir na educação das crianças. No Brasil, ao contrário do que sempre se acreditava, o presidente Bolsonaro disse que o trabalho dignifica, citando o seu caso particular, exaltando que desde os 9 anos de idade trabalhava na lavoura da família, inclusive aprendeu a dirigir o trator da propriedade ainda criança. Reforçou que nada disso o impediu de chegar aonde se encontra atualmente. Isso é a regra geral?
A declaração provocou revolta e críticas pelos que condenam o trabalho infantil, especialmente os que exploram esse filão de mão de obra. Todos sabemos que a proibição desta prática é para impedir a utilização inescrupulosa, por parte dos que insistem em escravizar as pessoas, achando que estão fazendo um enorme favor para as famílias carentes e desamparadas. Ou alguém desconhece que isso acontece em Terras Brasilis? Ajudar em tarefas domésticas, ou nas inerentes às atividades que os sustentam, é uma coisa... Exploração de crianças é outra!
O que a realidade mostra é muito diferente do que o presidente Mito exemplifica com orgulho pessoal. Com certeza ele não chegou a capitão do Exército porque trabalhou na roça colhendo milho aos 9 anos. Para isso ele teve oportunidade de estudar, sem precisar trabalhar paralelamente, usufruindo de uma estrutura que permitiu se dedicar apenas aos ensinamentos das disciplinas ministradas nas aulas. Onde há um parâmetro que sustente a sua tese? Quantas crianças sujeitas aos trabalhos desumanos já mostrados têm alguma chance de estudar?
Infelizmente este governo tem como única missão a destruição de toda política pública voltada para oferecer oportunidade aos mais necessitados. Será que o filho menor do presidente, caso ele tenha, precisa trabalhar além de estudar? Aos ingratos que hoje defendem que toda a educação deve ser privada, esquecendo que se formaram graças ao ensino público gratuito, é bom olhar pelo retrovisor e ver de onde vieram. Nessas horas se constata que o brasileiro é individualista, egoísta e nada solidário com quem tem menos que ele. Só ele possui méritos!
Portanto, a conversa mole, especialmente em época de campanha eleitoral, de que a Educação é a prioridade zero no país é pura balela. Este governo já deixou muito claro que os recursos do país são exclusividade dos ricos. Quem não se lembra que o ministro da Educação falou que Universidade é para intelectual? Será que as crianças que crescem nas ruas vendendo balas nos semáforos, ou queimando as mãos nas carvoarias Brasil afora, têm condições de atingir a tal intelectualidade para entrar numa Universidade? Então... O Bolsonaro já disse a que veio.
Por que os que vivem querendo um Brasil melhor, ocupando o lugar que acham que merecemos estar, falam que tudo depende da Educação, mas nada fazem quando isso é negado para os menos favorecidos? Obviamente porque a situação deles é muito confortável, pertencem a camada que não sofre tanto com as crises, podem mudar de país na hora que acharem conveniente e tudo mais. Para esses, não faz a mínima diferença a denúncia de exploração de crianças sob trabalho escravo. A incoerência é querer um país melhor sem investir nas pessoas.
Quando concluiu o relato sobre sua infância laboral, o presidente riu dizendo para não se preocuparem que ele não tinha a intenção de legalizar o trabalho infantil. Como a população já se acostumou aos revezes das suas falas... muitos ficaram de orelha em pé. Com os recursos da atualidade é muito fácil obter informações sobre os investimentos que os países desenvolvidos fazem na área de educação, com foco voltado para as crianças. Longe vai o tempo que dizíamos que as crianças eram o futuro do país. Mas sendo obrigadas a trabalhar... é melhor rever isso!


J R Ichihara
09/07/2019

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: UKQd (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.