A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Jornalismo
 
Morte - e a fé de cada um
Por: Marlene Nascimento

"Uma pessoa expressou-se assim sobre a morte trágica do apresentador Gugu Liberato: A morte é uma diaba feia."

Morte... Morte trágica ou não, elas abala as nossas estruturas emocionais. Por mais que tenhamos consciência que somos mortais, por mais que nos preparemos para suportar a notícia da morte de alguém que amamos muito, reagimos diferentemente diante desse evento traumatizante e doloroso. Não se trata de uma pessoa ser fraca e outra ser uma fortaleza, trata-se, isto sim, do tamanho da dor que cada pessoa sente. Diante da morte de um ente querido não tem dor de mais ou de menos. Tem dor, muita dor, e ela pode doer tanto que há quem simplesmente desmorona.

Fortes laços afetivos com a pessoa que se foi é rolex kopia o fator determinante para o desencadeamento de uma depressão pós-traumática. Imprescindível será o monitoramento de todos os familiares mais próximos da pessoa falecida, mesmo aqueles que apresentam retorno normal às atividades do cotidiano.

A morte sempre abala sobremodo os familiares mais próximos. Tem familiar que pode revoltar-se contra suas convicções religiosas. Seus dias se arrastam em tristeza infinita e quando a família percebe a pessoa já está às voltas com uma depressão severa. Sabemos de histórias de cônjuges que morrem de tristeza infinita após a viuvez. Há explicações clínicas para isso. Mortes de bebês e crianças causam intensa comoção. Também, quando um jovem morre, sem deixar filhos, pensa-se nas gerações futuras que se perderam nas veleidades do tempo futuro.
Sobretudo, apesar de tanta dor, há algo que traz grande alento aos corações de luto: a fé de cada um.

 Comente este texto


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: CZHO (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.