A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Jornalismo
 
FHC CRITICA LULA, COM QUE FUNDAMENTO? (Política)
Por: Tolentino e Silva

Por: Tolentino e Silva


Desde que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso foi derrotado nas urnas vem soltando suas epigramas para atingir o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com o firme propósito de colocar o povo contra ele. Aproximam-se as eleições e parece que adversários só encontram o caminho da difamação, da baixaria, da ofensa moral para atingirem seus alvos. Nunca apresentam soluções. É lamentável que certos ataques venham de uma pessoa formada em sociologia (ciência que estuda a organização das sociedades e seus fatos sociais). O que de importante o ex-presidente fez para se vangloriar? Ele se dizia e continua até hoje dizendo ser o pai do Real. É lamentável saber que, se o plano estivesse dado errado, ele jamais seria assumido por quem quer que seja! FHC na realidade era o Ministro da Fazenda à época. Quem era o presidente da Republica? Itamar Franco. Em nenhum momento FHC citou o nome do seu presidente e dividiu o sucesso com ele. Acho que todo o mérito deve-se ao então presidente Itamar. Com o argumento de “criador da moeda”, para desgosto do povo, foi presidente por dois mandatos consecutivos. Até hoje ele não se conforma de ter perdido o cargo mais importante do país para um metalúrgico. Em várias ocasiões não perdeu a oportunidade de fazer suas execráveis críticas ao presidente. Numa delas disse que o Brasil deve ser governado por gente que fala fluentemente o português. Adiantou alguma coisa seu conhecimento da nossa Língua Pátria? Que adianta ser bilingüe, trilingüe, ser formado nisso e naquilo se não consegue falar a lingua do povo? sua liguagem foi sempre a da perseguição. Achatou os salários, não só dos funcionários públicos, pelos quais tem verdadeira aversão, como também da iniciativa privada. Os mínimos que os digam! Aos aposentados, assim como ele, adjetivou de “vagabundos”. entregou as teles em 20 de julho de 98 (Sinstema Telebrás),(29/07/2003 - 00h04 " Privatização das teles foi seguida por escândalos - da Folha de Paulo
Online, parte das hidrelétricas, a Vale do Rio Doce ao capital estrangeiro. Esta última então não foi um negócio, foi uma negociata. Quem sabe o valor do existente no subsolo brasileiro? Quem pode orçar tamanha riqueza escondida? É bom lembrar também que em suas mãos a companhia só dava prejuízos. Entregou à iniciativa privada, e ela passou a apresentar grandes lucros. Faltou administração, enxugamento e acabar com o cabide de emprego. Por último, criticou o presidente dizendo que está transformando o governo das leis no governo do homem, do “cara”, usando o termo atribuído ao Lula pelo presidente norte-americano Barack Obama. Isso está me cheirando a inveja. Seu governo foi marcado por escândalos, só que com uma enorme diferença: eles não podiam ser divulgados. Os atuais foram todos investigados e os culpados, embora não tenham sido punidos pela lei, estão sendo pelo voto. Acabou aquela história de que “o brasileiro tem a memória curta”. Pode até ter alguns desinformados, mas o percentual de esclarecidos e fiscalizadores dos atos públicos crersce consideravelmente. Um dia os maus políticos terão a certeza de que “aqui se faz, aqui se paga”.NAS URNAS.

 Comente este texto
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: TLVH (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.