A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Antuérpio Pettersen Filho
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Jornalismo
 
OPERAÇÃO ÀGUAS LIMPAS
Por: Antuérpio Pettersen Filho

OPERAÇÃO ÀGUAS LIMPAS : CESAN DEPOSITA A SUJEIRA EM PRAÇA PÚBLICA...

Por : Pettersen Filho

Instituída por Decreto Lei o “Projeto Águas Limpas” do Programa de Saneamento e Meio Ambiente do Estado do Espírito Santo, foi formalizado pelo Decreto n°.1271-R, de 26 de Janeiro de 2004, do Governo do Estado do Espírito Santo, abrangendo todos os 7 municípios que compõem a Região Metropolitana de Vitória – Serra, Fundão, Vitória, Vila Velha, Guarapari, Cariacica e Viana.
Segundo informação constante do Site Institucional da Companhia Espírito-santense de Saneamento:“O objetivo dele é desenvolver ações para assegurar uma melhor qualidade dos recursos hídricos interiores e costeiros e ampliar a disponibilidade de água potável, a fim de priorizar o abastecimento das populações atuais e futuras do estado, em consonância com o Plano Estadual de desenvolvimento Sustentável”.
Contando com Empréstimo do Banco Mundial, e recursos da própria Companhia, sob slogan de que Vitória pretende ser a “Primeira Capital do Brasil a contar com Água 100% Tratada”, e Sucessor do Programa conhecido como Prodespol - Programa de Despoluição dos Ecossistemas Litorâneos do Estado do Espírito Santo, posteriormente denominado Prodesan – Programa de Despoluição e Saneamento do Espírito Santo, ambos, também, originados de Contrato de Empréstimo firmado com o Banco Mundial, contando com a participação financeira local da própria Cesan, e do Governo do Estado, verdadeiros fiascos políticos, e financeiros de administrações anteriores, jamais completamente executados, e cujas dotações orçamentárias se esvaíram no Jogo Sujo da Política Capixaba, igual destino, ademais, parece estar fadado ao atual Programa “Águas Limpas”...
Ora, a transformar o Trânsito de Vitória em um verdadeiro “Campo Minado”, tamanho o transtorno que vem causando ao livre fluir dos Munícipes, a pé ou de carro, cena mirabolante, ademais, pôde ser presenciada no ultimo Fim-de-semana, quando caminhões, supostamente, à Serviço da Empresa, cuja contratada a Construtora Norberto Odebrecht, quem executa boa parte das obras, e sub-empreita outras, foram flagrados em evidente ato atentatório a Normas de Conduta, Civilidade e Meio Ambiente, depositando blocos retirados da antiga pavimentação das ruas, bem no meio de área destinada a Praça Pública, à Rua da Grécia, segundo o Orçamento Participativo da Prefeitura Municipal de Vitória 210/211, em verdadeiro atentado à Cidadania, causando barulho, poeira e impedimento aos eventuais Transeuntes, cujo local totalmente inapropriado à Operação.
Aparentemente, agindo em profundo desalinho com a Propaganda Oficial da Companhia, com o Meio Ambiente e com a Cidadania, a Empresa, de fato, parece estar, ao executar o seu ambicioso Programa “Águas Limpas”, através de tais Empreiteiras, na verdade, sujando as suas mãos no mais grudento e apodrecido barro:
O do desrespeito e da clandestinidade e do lucro fácil.
Com a Palavra, também, a Prefeitura Municipal de Vitória e o Governo do Estado, quem, nesse caso, deixam, evidentemente, de utilizarem-se do seu imprescindível “Poder de Polícia ?”, ao não punirem os Infratores.

 Comente este texto


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: XJSR (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.