A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
Para alterar som de fundo clique F5: 

Mensagens de Natal e Boas Festas

Mais Mensagens

                                  

 

Publicações
Perfil
Comente este texto

 

UM CONTO DE NATAL


Por: Luiz Carlos Morete


UM CONTO DE NATAL




O pessoal foi chegando quase ao mesmo tempo, causando o maior alvoroço no bairro. As crianças, elétricas, interessadas em receber os presentes de Papai Noel logo mais à noite. Os adultos preocupados em preparar “aquela ceia” de Natal com todos os ingredientes, sem deixar faltar nada: peru, frango assado, champanhe, sobremesas. Tudo mesmo.
- Não esqueça o limão. Quero fazer aquela “caipirinha”. Vou beber todas, tudo a que tenho direito!1- gritou um.
-E quem vai te levar para casa? – completou outro.
- A minha mulher!
- Eu não! – disse ela atenta à conversa. Não quero levar nenhum bêbado para casa. Você dorme aqui mesmo, na casa da sua mãe.
A verdade é que todos estavam preocupados com os festejos que iria ocorrer daqui algumas horas.
O ambiente estava preparado. A árvore de natal estava toda enfeitada: bolas coloridas, estrelas, fitas, presentes à mostra.
- Não se esqueçam da brincadeira do amigo secreto. – lembraram outros.
- O valor mínimo do presente é de cinquenta reais.
Enquanto as mulheres cuidavam da comida, os homens se divertiam jogando truco. As crianças ou estavam no computador jogando vídeo game, ou jogando bola no quintal. Era uma bagunça só.
- Alguém viu o Gustavo? Não estou vendo ele com vocês. – perguntou a mãe.
- Ele está lá dentro.
- Que estranho! Vou procurá-lo.
O encontrou quieto e pensativo num canto da sala.
- Que foi meu filho? Porque não está lá fora junto com os outros?
- Estou aqui pensando.
- Em quê?
- O que nós comemoramos hoje?
- O Natal. Por quê?
Gustavo era esperto. Com oito anos já entendia muita coisa.
- Só isso?
- O que mais você queria?
- Hoje nós comemoramos o nascimento de Jesus, e eu não ouvi vocês dizendo nada sobre isso.
A mãe ficou abismada.
- A festa é dele, e nós só pensamos em presentes, ceias e outras coisas.
- A catequese deve estar mexendo com sua cabeça.
- Não mãe. Só estou dizendo o que estou sentindo. Vamos guardar um momento para Ele.
Laura chamou todos à sala e pediu que viessem ouvir o que Gustavo estava falando. E ele tinha razão.
- Esse vai ser padre!
- Ou pastor, com o terno e gravata e a Bíblia debaixo do braço!
A resposta, para uma criança, foi de um adulto.
- Mas eles levam a palavra de Jesus a todo mundo.
Essa resposta deixou todos pensativos e procurando o que responder.
O Natal dessa família não seria mais o mesmo. Eles entenderam o recado.
E as comemorações tomaram outro sentido.








 

1066 - Leitura(s)
 Comentar
 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: VSKW (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.