A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
Para alterar som de fundo clique F5: 

Mensagens de Natal e Boas Festas

Mais Mensagens

                                  

 

Publicações
Perfil
Comente este texto

 

Magia de Natal


Por: Marlene A. Torrigo


(Republicação)

Nascemos seres bons e perfeitos, contudo, em nossa jornada para a vida adulta tendemos a direcionar as nossas emoções às animosidades. Em certos momentos agimos irracionalmente, nos apresentamos intransigentes e beligerantes, amando com reservas, seletivos, arrogantes na nossa forma de amar.
Ele, Jesus Cristo, a exemplo de poucos, foi um homem puro enquanto viveu. Senhor de uma sabedoria nata, as suas filosofias sobrevivem às passagens seculares. Deixou-nos Jesus um legado de honra e fé. Cria Ele, que todos os homens poderiam viver irmanados, poderiam amar-se cuidando e protegendo uns aos outros, nem que Ele tivesse que morrer para provar isso. E ele deu a sua vida para provar que éramos todos irmãos, que éramos a abençoada ninhada do Criador de todas as coisas, que éramos dignos da vida eterna, revivendo uns nos outros.
É Natal. Nesse dia celebramos a data simbólica do nascimento do homem Jesus, o maior entre todos os filósofos. No Natal acontece a magia que nos torna menos intolerantes.
Dias atrás li uma frase mais ou menos assim: “Todos passam o ano todo se ofendendo, mas quando o fim de ano se aproxima todos mandam mensagens de boas festas.”.
Ora, por que não nos desarmamos? Por que não darmos as mãos? Por que permitirmos o rancor dominando o nosso coração? Por que não cedermos ao perdão? É do ódio que se originam guerras, genocídios, torturas, matanças. Seriam apenas dor e lágrimas o que almejamos?
A magia do Natal nos torna melhores, mais amorosos. A paz de espírito que emana nesse dia nos faz lembrar que somos humanos, racionais e que devemos ser bons.
Sabemos que no ano vindouro trairemos as nossas promessas, esqueceremos os nossos juramentos altaneiros, cairemos em pecado uma, duas, três vezes... Deveras, retornaremos ao nosso jeito torto de amar, mas seremos os mesmos corações capazes de amar com todas as forças nos momentos mais comoventes da vida, desarraigando do peito a fúria louca e da cabeça os pensamentos profanos.
Desejo que todos os homens de boa vontade interajam em sintonia fraterna nos últimos dias do ano - e em todos os outros do novo ano. Desejo que a esperança não morra, que os sonhos se realizem, que a paz impere em todos os lares.

 

242 - Leitura(s)
 Comentar

 

Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: PFbd (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.