A casa dos grandes pensadores
 
 
   

 

FERNANDA MOROSO

 
Multiplicação
 
Na esquina da desordem
Meu mundo suburbano desafia a ordem.
O regresso que virá
Espíritos quiçá mais pacíficos
Às margens do atlântico,
Depressivos.
Num percurso impensado...
Arrependidos,
Nesta competição de fracassos
De viver a vida sem vivê-la
Ante o mar, ajoelhados.
Teria o que faltado?
Se tudo se sabe
Se todos estão certos de tudo
Se a razão os cobre em razões majestuosas
Se a ciência é lei dos defeitos humanos
Se no Brasil vale a lei dos esquecidos enganos
Se o mal se prevalece como bem
Se ao que cresce desordeiro só se diz amém
Se idolatram com orgulho a vida impura
A que mal procuram a cura?
Fernanda Moroso
                      
Publicação: www.paralerepensar.com.br - 01/06/2010