A casa dos grandes pensadores
 
 
 
 

FERNANDA MOROSO

 

 

 

 
O MUNDO
 
O mundo costuma me proibir
Das coisas que desejo,
Inventa regras de segmento,
Mas sempre cai no mesmo erro.
 
O mundo costuma me dizer não
E eu ponho à prova sua convicção.
O mundo costuma criar problemas
E nunca vê a solução.
 
O mundo costuma
Fechar as portas,
Mas eu prefiro
Olhar pra imensidão.
 
Eu sou feita de aço, rosa e visão.
Se você prefere os costumes,
Eu retomo a revolução.
Se o mundo insiste no mesmo erro,
O que posso fazer por você, então?
 
Fernanda Moroso
                      

Publicação: www.paralerepensar.com.brr - 05/02/2009