Paralerepensar - Perfil

 Paralerepensar - Perfil
 


A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal | Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |

 

Autores
 
Alexandre Simas Costa (AlexSimas; SamisxelA; AtsocerdnaxelA; Alexandre Costa)
Página do autor: www.paralerepensar.com.br/alexsimas
Publicações
Contato com autor(a)
 
Perfil

Um Homem - Quatro Poetas

AlexSimas – AtsoCerdnaxelA – SamisXelA – Alexandre Costa

Cada Pseudônimo tem seu estilo, sua maneira de ver a vida, enxergar o ser humano, seus sonhos, suas subjetividades:

AlexSimas é o romântico, o Poeta do Amor, o mestre das metáforas e do lirismo.

AtsoCerdnaxelA é o mestre do erotismo, o devasso, O Poeta dos desejos da carne

SamisXela é o Filosofo, o Louco, o eterno aprendiz, sempre em busca da verdade e de um mundo de compreensão, paz e amor fraterno.

Alexandre Costa é Senhor das Sombras, o Poeta Obscuro, Gótico, sua verdade é crua dentro de sua ótica de vida, suas letras são ásperas...

Nascido em 02 de Novembro de 1961 na cidade de Olinda, Pernambuco. Radicado na Bahia na cidade do Salvador desde 1979.

Leitor compulsivo, desde que aprendeu a ler aos 10 anos de idade, filho de família humilde só veio ter acesso a escola quando da inauguração de um grupo escolar na vila onde morava, as letras o encantaram desde então. Enquanto a maioria dos garotos de sua idade dedicavam-se as brincadeiras naturais da infância, Alexandre viajava pelo mundo de sonhos e fantasias, visitava países distantes, conhecia personalidades, desbravava continentes.

Começou na leitura com revistas em quadrinhos (das quais ainda é um fanático), logo depois conheceu os livros de bolso; western, espionagem, aventuras, romances...

Começou a escrever poesias aos 16 anos, a grande maioria de seus escritos perderam-se nas diversas mudanças de casa e de cidades.

Desencantou-se com as letras devido a descriminação que sofria de amigos e parentes, só voltando a escrever ao 25 anos e novamente parou por falta de motivação principalmente da companheira para quem escrevia seus poemas. Novamente retorna as letras em 2006 aos 45 anos.

Tem três livros inacabados; o primeiro iniciado em 1979; o segundo iniciado em 2006 e o terceiro iniciado em 2007.

Não pretende viver de literatura, não sonha tornar-se um escritor ou poeta famoso, escreve pelo prazer de escrever, suas letras vem da alma, do coração, é puramente intuitivo.

“Quando estou escrevendo é como se não fosse eu, é como se psicografasse”

Alexandre Simas Costa.replicas de relojes