A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poesia
 
Passeio onírico
Por: Marlene Nascimento

Sinto o lirismo da minha essência na tepidez d’uma bela manhã outonal.
Sou-me sangue passeando nos caminhos oníricos de um esplendido momento.
Indômita, desnudo meu coração.
Descubro que fiz grande bem em nascer, em teimar viver, mesmo nos momentos de grande dor.
Cerro os olhos... consigo me projetar além dos feixes multicores de luz.
Passeio por entre pétalas multicores.
Desvio ao passado... Saúdo a minha excelsa ancestralidade.
Rumo ao futuro onde sou ovacionada por minha ascendência que sei singrará nos hilos da terra por todo o sempre.
Indolente, retorno ao presente, fascinada com as cenas surreais do firmamento, onde passeiam nuvens azuláceas.
Apaziguada pelo meu passeio onírico murmurinho uma terna canção.
Sou terra, sou sentidos e emoções.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: JYZH (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.