A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Crônica
 
Inimigo Fatal
Por: Paulo Elias

Os alarmes estavam disparados; o som grave preenchia todos os ambientes daquele complexo. Haviam sido acionadas horas atrás e agora o que se via era uma correria geral, gritos de ordem por todos os lados e cada um dando o máximo de si para regularizar a situação. Na sala principal lá no topo das instalações, um general distribuía ordens e lia relatórios; entre uma pagina e outra, gritava:
---Tenente, leve uma equipe ao setor norte e veja o que ouve com o oxigênio por lá!Como estamos com as defesas primárias?
---Estamos levando o pior, senhor; alguma coisa foi injetada na superfície e está causando pane em todos os sistemas.
---Já identificaram a substância?
---Ainda não, mas nossos cientistas estão trabalhando nisso.
Um sargento se aproximava esbaforido:
---General, general... Perdemos os movimentos externos, os níveis de oxigênio estão muito baixos e o motor principal começou a falhar.
---Maldição! Este complexo tem apenas dezoito anos como podemos estar perdendo esta luta assim?Capitão; como estamos no geral?
---Senhor... Todos os setores inferiores estão inoperantes, perdemos toda nossas defesas primárias, a temperatura está em quarenta graus e subindo e só resta agora o salão principal, mas já esta falhando também.
---Ok, ok pessoal,reúnam tudo que sobrou,vamos dar o fora daqui; esta batalha está perdida.
Os alarmes foram silenciando aos poucos, o som estridente sumindo conforme as salas iam ficando as escuras. No pátio central, o grande motor deu seu ronco final e ouviu-se um barulho surdo vindo de dentro: Tum Tum... e calou-se!O silêncio era sepulcral.
Do lado de fora, um médico ditava para uma enfermeira:
---Paciente masculino, dezoito anos, hora do óbito onze e trinta, causa mortis, overdose de cocaína.


Paulo Elias

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (1)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: RETH (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.