A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poema
 
EPITAFIO
Por: ANDRE LUIZ MOTA

1. EPITÁFIO
Ignoro o dia da minha partida,
Por isso mesmo, decidi VIVER,
Tudo aquilo que não vivi.
Resolvi sorrir mais,
Brincar mais,
Falar menos,
VIVER MAIS…
Não sei quando irei partir
E já não me preocupa mais,
A idéia de partir,
VIVI, E VIVI, AMEI, FUI AMADO, SONHEI, SOFRI,
Não quero mais sentir dor…
Serei o senhor de minha razão e de meu destino,
Soberano absoluto de minhas vontades…
Chega de dor,
Chega de fuga,
Chega de meios caminhos,
Serei eu a conduzir o meu destino
Serei eu o timoneiro a enfrentar as tormentas que encontrarei…
Não me quedarei mas a covardia, nem a dor, nem a inércia…
Não quero e nem preciso da piedade dos outros,
Nem mesmo as minhas deficiências…
Quero poder escolher o caminho a seguir.
E aos que um dia amei,
Que sejam felizes, mesmo depois de minha partida…
Que eu não seja uma lembrança,
Nem uma saudade,
Mas uma imagem de alguém que passou,
E deixou algo,
Na vida daqueles que cruzei os caminhos…
Seguirei a amá-los em outro plano,
Em outro caminho,
Pois o amor verdadeiro, esse é imortal,
Infinito, eterno, como a alegria de viver…
(ALMA CABOCLA)

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: VARZ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.