A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poema
 
VALADARES
Por: Tolentino e Silva

VALADARES
Tolentino e Silva

Quando o sol se esconde
Entre as colinas de Beagá
Me dá uma saudade de Valadares
Que mesmo sem praia, sem mares
sinto vontade voltar

Rever a pessoa amada
Serestar pelas madrugadas
Nas choperias da cidade
Embaladas pela música ao vivo
Ver em cada rosto o riso
Que ensina a viver de verdade

No Pico da Ibituruna
O vôo livre atrai olhares
Cá em baixo o Rido Doce
Nas vertentes, corre, entre relvas
Embeleza a querida Valadares

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: JIea (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.