A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poesia
 
Rainha Poesia
Por: ANA MARIA GAZZANEO



Sangrei ao teu encanto
Meu sangue foi teu manto
Rainha Poesia...
Delírio, alegoria
Por ti cantei meu canto...

Por fim, não mais me espanta
Loucura que agiganta
Escrava em tua aljava
Sofrer divino açoite
Loucura deste acoite...

Na vil agrura, ampara
A tua mão de seda...
Ah, ilusão mais leda
Pensar-te companheira
Amante nesta esteira...

Tão só delírio e a noite
Despenca em vil martírio...
Concebo pois os filhos
Disperso-os no mundo
Meus ais de amor, fecundos...


ANA MARIA GAZZANEO

EDITADO EM ANTOLOGIA
EM NOVEMBRO DE 2008







 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: WKNN (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.