A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poesia
 
as asas da poesia
Por: janete sarquiz

eu voo
percorro horizontes
atravesso mares
sou bruxa
sou princesa
sou como o vento
e nunca posso ser presa
flutuo
e sempre
sei retornar
minhas mãos escrevem
o que a alma dita
sou dor
ternura
magia
sou clara
como
o dia
sombria
como a noite
sou calma
inquieta
objeto
do dom
supremo
de criar
sou poeta
eternamente
poeta.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: LUPM (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.