A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Crônica
 
Precisamos de genialidade
Por: Alexandre Misturini



Atualmente o mundo está cheio de mediocridade, ignorância e falta de bom senso, mas como tudo hoje em dia requer especialização, temos grandes especialistas em mediocridade, ou seja, sabemos um monte de um pouco de quase nada. Vangloriamo-nos de saber alguns fragmentos perdidos sem conexões com a realidade, com a natureza e, principalmente, com a vida. O conhecimento está tão fragmentado e subdivido em pequenas porções que não conseguimos mais saciar-nos, aliás, duvido muito que algum ser humano sacie-se com tão pouco alimento para o intelecto.
Na verdade, na sociedade atual, pensamos e fracionamos tudo, de uma forma que possamos deter pequenos micro-poderes, referentes aos fragmentos que guardamos em nossas pequenas grandes mentes brilhantes. O sistema de ensino brasileiro baseia-se em várias experiências importadas de outros países. Aprendemos desde cedo a receber de forma sistemática e fragmentada as informações que para alguns, mais tarde, se transformarão em conhecimento, já para outros será uma grande quantidade de informações sem nexo e sem conexão com a realidade. É tão difícil encontrar pessoas que consigam aglutinar o conhecimento, torná-lo algo compreensível, plausível, convergente e, é claro, útil ao ser humano e a sociedade. Precisamos de pessoas com genialidade, chega dos medíocres que repetem, copiam, reproduzem tudo. Necessitamos dela para acabar com problemas milenares e outros tão modernos. Apesar do avanço tecnológico e científico ainda persistem a fome e miséria, doenças que poderiam ser erradicadas com vacinas.
A genialidade não está apenas na criação, mas também na forma como utilizamos nossas criações. A história nos proporcionou conhecer a genialidade de Leonardo Da Vinci, um artista, cientista que atuou em diversas áreas como pintor, escultor, arquiteto, engenheiro, matemático, fisiólogo, químico, botânico, geólogo, cartógrafo, físico, mecânico, inventor, anatomista, escritor, poeta e músico. Apesar da genialidade ser almejada por todos, há um grande temor, pois todo gênio é incompreendido.
Nos resta a esperança de que um dia tenhamos sorte de ter entre nós novamente um gênio como Leonardo da Vinci. Assim, quem sabe alguém escreva de forma mais genial os anseios e desejos humanos com mais talento que eu. “De tempos em tempos, o Céu nos envia alguém que não é apenas humano, mas também divino, de modo que através de seu espírito e da superioridade de sua inteligência, possamos atingir o Céu.” Giorgio Vasari sobre Leonardo Da Vinci.



Também disponível em:
http://alexandremisturini.blogspot.com

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (1)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: YQKJ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.