A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poema
 
COGNOME MULHER
Por: Aniel dos Santos

Eu vi uma mulher
Esta mulher era você.
Ela estava vestida de azul claro
E era você, tenho certeza.

Eu vi uma mulher
Enquanto caminhava pelas ruas,
Ela estava com cabelos soltos
E esta mulher era você.

Eu vi uma mulher
Esta mulher era você.
Cruzou comigo na praça
E estava com um colar de pérolas.

Eu vi uma mulher
Não foi um sonho.
Eu vi uma mulher,
Uma linda mulher: você.

Eu vi uma mulher
Numa tarde de primavera.
Ela se perdeu na distância
E ficou no meu pensamento.

Eu vi uma mulher
Cheia de encantos;
Ela não me viu, não sorriu,
Mas, tenho certeza: era você.

Eu vi uma mulher
Que representa todas as mulheres
Deus abençoou sua lisura
E esta mulher era você...

Eu vi uma mulher;
Apenas uma mulher...
Simples, meiga, desenvolta
Amiga? – Sim. E era você...

Eu vi uma mulher
Ela tinha as cores do arco íris.
Era doce, afável... Eu a reconheci.
Esta mulher era você.

Eu vi uma mulher
Ela era apenas uma mulher
E como mulher era uma deusa
E esta deusa era você.

Eu vi uma mulher
Feminina, forte, sensível
E Deus deu-lhe uma grande tarefa:
Tomar conta de nós homens.

Eu vi uma mulher
Com jeito de vime, cativante.
Eu vi uma mulher, apenas uma mulher
E era você...

Aniel dos Santos
06/03/2010

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (2)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: BXVc (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.