A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poema
 
Melodia
Por: Pedro Valdoy

No paraíso as sereias
entoam cânticos
nos mares de Vivaldi
no dedilhar de uma guitarra

São antiguidades transfiguradas
na melodia do Barroco
que trespassam donzelas
no circo da vitalidade florida

É o despertar de séculos
nas mãos de Anton
pelas vias da música
renovada na tradição

Os acordes de violino
o despertar de um violoncelo
despertam a minha cadeia
de sensibilidade debilitada.

Pedro Valdoy

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: XYQQ (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.