A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

Angela Maria Pinkfloydiana
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Crônica
 
A aeromoça.
Por: Angela Maria Pinkfloydiana

A AEROMOÇA ABRIU SUA VALISE E COM A DESTREZA DE SEMPRE, TIROU A MAQUIAGEM QUE IA USAR,.SE CONTEMPLOU NO ESPELHO E JÁ PODIA VER SEU ROSTO COMO O DE UMA BONECA VIVA .LEMBROU DE QUANDO ERA CRIANÇA E DO GLAMOUR QUE AS AEROMOÇAS TINHAM, MENINAS QUERIAM SER AEROMOÇAS OU BAILARINAS E MENINOS JOGADORES DE FUTEBOL OU ASTRONAUTAS,E AGORA ELA ERA COMISSÁRIA DE BORDO DE UMA GRANDE COMPANIA AÉREA,LUTOU MUITO PARA CHEGAR A ESSE CARGO, FALAVA VÁRIAS LINGUAS,CONHECIA MUITOS PAÍSES, MESMO SEM DESFRUTAR AS BELEZAS DELES,AS VEZES NEM SAIA DO AVIÃO.NÃO EXISTIA ROTINA EM SUA VIDA,NÃO HAVIA UM AMOR A ESPERANDO DE BRAÇOS ABERTOS, NÃO HAVIA UM CACHORRO FAZENDO FESTA QUANDO ELA CHEGASSE A NOITE.PERDERA O CONTATO COM SUA FAMÍLIA.SÓ RESTAVA UM ÓTIMO SALÁRIO E OS OLHARES CURIOSOS DAS CRIANÇAS.ISSO A FEZ LEMBRAR DE QUANDO MENINA VIU PELA PRIMEIRA VEZ AS MOÇAS DE COQUE,QUANDO FOI A DISNEY .MAS ISSO FOI HÁ MUITO TEMPO, RIU SOZINHA ENQUANTO MARCAVA SEUS FORTES OLHOS COR DE MEL COM UM LÁPIS PRETO.SUA IMAGEM TINHA QUE ESTAR SEMPRE IMPECÁVEL, MESMO COM A AMBIÇÃO LATENTE E A FRIEZA OCULTADA QUE ELA SENTIA,ISSO NENHUMA MAQUIAGEM FRANCESA PODERIA DESFARÇAR.O BATOM RUBRO DESENHAVA UM SORRISO EM SEUS LÁBIOS.O PÓ COMPACTO DAVA LEVEZA A SUA PELE.O BLUSH DAVA UM TOM SAUDÁVEL, UMA COR DE SAUDE AO SEU BELO ROSTO, MAS O RUBOR..ESSE HÁ MT HAVIA SUMIDO, QUEM VIA A BELA AEROMOÇA DE TAILLER AZUL E VERMELHO SÓ ENCONTRAVA UMA MULHER PLENA E FELIZ, SEMPRE CORDATA E GENTIL,COM UM SORRISO PREGADO NO ROSTO E UMA ESPÔNTANEADADE FORÇADA. SENTIA QUE ESTAR NOS ARES A DAVA MUITAS OPORTUNIDADES,ELA ESTAVA SEMPRE RODANDO O MUNDO E NESSAS VOLTAS ELA FAZIA DE TUDO PARA SUBIR NA VIDA,TALVEZ ENCONTRAR ALGUM PILOTO SOLITÁRIO, OU ALGUM HOMEM ENTEDIADO ,VIAJANDO NA PRIMEIRA CLASSE A PARIS, DESPREVINIDO AO AMOR.ELA SABIA DAS SUAS QUALIDADES E EXPLORAVA ISSO EM BENEFÍCIO PRÓPRIO E ENQUANTO SERVIA COM CHARME UM SCOTCH SINCERO, PORÉM MODESTO ,A UM EXECUTIVO QUE A OLHAVA COM A VOLÚPIA USUAL A QUAL ESTAVA ACOSTUMADA, SE DEU CONTA QUE O CÉU É O LIMITE PARA QUEM QUER VOAR ALTO....

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: aCGC (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.