A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poema
 
Você Não Veio
Por: Juber Neves da Silva

VOCÊ NÃO VEIO
Quantas vezes te esperei!
Ah! Quantas vezes!
Quantas vezes dormi te esperando! Quantas vezes!
Quantas vezes rezei!... e fiquei te esperando!
Ah! Quantas vezes!
Quantas vezes dormi te esperando!
Quantas vezes ouvi a porteira bater! A porta bater!... e fiquei te esperando!
Ah! Quantas vezes!
Quantas vezes contei com a tua presença! Quantas vezes!
... Ah! Quantas vezes esperei uma carta tua!... um recado teu!
Mas você não veio!...
Quantas vezes, em meus sonhos, você me protegia!... me protegeu: do frio; do calor; da violência! Da violência!
Ah! Quantas vezes!
Quantas vezes, em meus sonhos, acordados mesmo, nos dialogamos, você me aconselhou!... ouviu minhas queixas! Percebeu minhas inseguranças!...
Quantas vezes!
Quantas vezes me calei!... quantas vezes não falei!
Mas você não veio!
Ah! Quantas vezes!
Quantas vezes sofri com a tua ausência!
Quantas vezes!
Ainda sofro de outras formas: brigo comigo mesmo...
Ah! Agora, com outro sentimento: não sentimento!
É... Brigo sim!
Mas você não veio!
Você não vem, meu pai!
Juber Neves – 24/01/2012

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (1)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: cYaT (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.