A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poema
 
A Dúvida
Por: Pedro Valdoy

Caem pingos de chuva
no meu coração
coberto de saudades
do teu amor

São pingos que sangram
na imensidão de uma alma
recheada de esperanças
pelo teu regresso

As pétalas da tua flor
caíram no desespero
com uma mágoa serena
num regresso em vão

Ouço a campainha da porta
entoam cânticos de dúvidas
nem sei se irei abrir
O som repete-se

Vou abrir desconfiado
na serenidade dos tempos
Mas... és tu!
meu coração regozija

Pareces um anjo
coberto de desejos
na penumbra da sala
que eu não mais esquecerei.

Pedro Valdoy

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: FeBI (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.