A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Poesia
 
Banho de chuva
Por: Anelice Dantas

Quero convidar-lhe para um banho de chuva nesse momento, onde nos sintamos totalmente lavados não somente nosso corpo como também nosso coração e alma dos tormentos

Andemos por toda cidade correndo de mãos dadas sentindo o frescor e a caída dos seus pingos em nossa pele caindo

A delícia dessa sensação nos invade com tanta emoção, nos emburra a um avanço, simplesmente pela satisfação do querer estar junto.

Aí você endereça-me seu olhar com total abismo e interrogativo, finjo nem reparar.

Quero apreciar mais de perto esse espetáculo, não quero ficar da janela a acompanhar, quero deixar minha criança extravasar

Seus pingos reunidos vão matando a sede dos rios que clamavam com tanto anseio sua chegada,
Deixando o verde mais verde, a terra molhada com um aroma que não erra em agradar a todos nessa terra.

O seu ruído é tão brando é calmante para alma,
muitos adormecem, outros desfrutam como o baile mais excitante para um ser terrestre.


Anelice Dantas

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: WNeL (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.