A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

João Márcio F. Cruz
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Crônica
 
OS DIREITOS E DEVERES DA CRIANÇA sob os olhos da CRIANÇA
Por: João Márcio F. Cruz

DIREITOS E DEVERES DAS CRIANÇA á luz de uma criança

Criança que obedece todas as ordens está doente. Para crescer, a criança precisa de desobediências saudáveis.
Toda criança tem direito a quebrar uma janela chutando a bola;
toda criança tem direito a jogar um aviãozinho de papel na hora da aula;
toda criança tem direito a enfiar o pé na lama e sujar a roupa nova;
toda criança tem direito a mamar nos dois seios da mamãe;
toda criança tem direito a soltar pum mesmo na hora que tiverem visitas em casa;
toda criança tem direito a ficar com raiva quando pisarem no seu pé ou lhe derem um beliscão;
toda criança tem direito a fazer cocô na calça, quando não houver alternativas;
toda criança tem direito a fazer xixi na rede, cama ou berço quando for uma urgência;
toda criança tem direito a brincar com pedra, folhas e formigas sem medo de contaminar-se;
toda criança tem direito a cair, tropeçar, escorregar, cortar o joelho, chorar, chamar a mamãe, levantar e continuar correndo;
toda criança tem direito a ser criança, sentir, pensar e viver como criança

todo irmão mais velho tem o dever a cuidar do seu irmão mais novo.
Toda criança tem o dever de amar os seus pais quando eles merecerem;
toda criança tem o dever de respeitar os mais velhos;
toda criança tem o dever de ser bom filho contanto que não comprometa sua felicidade;
toda criança tem o dever de vestir-se em público e ficar nu dentro de casa;
toda criança tem o dever de cuidar do seu animal de estimação (cão, gato, coelho, passarinho).
Toda criança tem o dever de dá um beijo na mamãe e no papai, todo dia.
Toda criança tem o dever de estudar e aprender coisas legais e úteis na escola;
toda criança tem o dever de guardar seus brinquedos depois que a brincadeira acabar;
toda criança tem o dever de andar pela calçada;
toda criança tem o dever de subir árvores pra colher frutas ou apanhar passarinhos;
toda criança tem o dever de sonhar e lutar pelos seus sonhos.

Que as crianças, de todas as idades, mesmo depois da infância, continuem crianças, saudáveis, livres e felizes, protegidas contra a adultização e caminhando rumo a uma vida plena de significados.


João Márcio
Ensaios da Vida Cotidiana

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: VNDV (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.