A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

 
Poema
 
Indiferença
Por: Aniel dos Santos

Todas as coisas são iguais
Têm vida, se transformam.
Nada vive no anonimato;
E até as pedras criam limo,
Quando não rolam.

Por isso tenho fé,
Acredito que um dia
Sua indiferença se dissipará
E em face disso,
Algo acontecerá.

E você há de me apreciar,
Assim como eu a aprecio;
E você há de me amar,
Assim como eu a amo.

Mas, se isto não acontecer,
Deixe-me lembrar de você,
Mesmo que, como uma das exceções
Da regra do viver!

* * * * *

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: GBXc (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.