A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Crônica
 
O SER E O TER
Por: Suely Braga




O SER E O TER
SUELY BRAGA



Vivemos em pleno século XXI, na era da globalização, do individualismo, do consumismo exacerbado A era do Ter e não do SER.
Nossas casas são invadidas diariamente pelas propagandas enganosas que nos convidam a adquirir mais, sempre mais. É o carro do último tipo, o celular e o computador de última geração, a linha de bolsas mais modernas, a linha de cremes que torna a mulher mais bela. A ditadura da mídia nos impede de pensar, de sermos nós mesmos, porque nos transforma em robôs teleguiados, sem vontade própria.
Desde muito cedo as crianças instigadas pela televisão já são consumistas em potencial, talvez as mais consumistas. Exigem dos pais os melhores brinquedos eletrônicos, DVDS, vídeo games, celulares, computadores sempre as últimas novidades, roupas, tênis de marca, que acompanhem a última moda.
As pessoas são valorizadas não pelo que São, mas pelo que Têm.
Valem mais os que têm as mais belas mansões, o último modelo do carro, casa na praia, sítios, fazendas e a mais gorda conta bancária.
As mulheres são medidas pelo maior número de bolsas e sapatos, pelo elevado número de vestidos que atulham os guarda-roupas, pelas jóias que ostentam, pelas vezes por semana que freqüentam os salões de beleza, pelo comparecimento nas festas, nos meios sociais, onde se exibem como beldades. .É muito importante o número de cirurgias plásticas, para transformá-las em celebridades.
Os homens engravatados exibem seu charme em carrões importados.
Os valores são transformados em consumismo.
O caráter, a honestidade, a amizade verdadeira, a fraternidade, a solidariedade, a franqueza estão fora de moda.
O individualismo se alastra, destruindo as famílias, as amizades sinceras, contaminando a sociedade.
O respeito, a gentileza isto é coisa do passado.
O amor, o companheirismo, a cumplicidade já pouco existem entre os casais. Agora o moderno é uma relação amorosa bem gostosa.
Para o mundo moderno não basta Ser, é preciso Ter.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (1)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: IfGV (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP sera enviado junto com a mensagem.