A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 

 

José Arthur de Oliveira
Publicações
Perfil
Comente este texto
 
Artigo
 
Whatsapp – A solidão em grupo
Por: José Arthur de Oliveira

Whatsapp – A solidão em grupo –
Prefácio por Maslow Harold, Gustaff (psicólogo americano)

“Nas redes sociais, o potencial deste novo instrumento que democraticamente serve a todas as camadas da população é espantoso e seus horizontes ainda não foram claramente identificados.
Embora existam grupos com afinidades técnicas ou temáticas específicas, quero particularmente me referir ao seu lado prosaico e corriqueiro porque ainda é o mais numeroso e atuante.
Participo de alguns e sou administrador de dois deles e afora a dinâmica singular dos grupos especializados, o que mais me chama a atenção é que, com o passar do tempo, e na medida em que seus participantes se sentem mais a vontade, podemos identificar com facilidade suas aptidões, traços de personalidade e até seu nível intelecto moral.
A minha formação acadêmica possibilita um aprofundamento na analise do perfil psicológico destes participantes e com surpresa verifico que existe uma tendência ao nivelamento por baixo. A esta tendência eu denomino dislexia sócio comportamental, e pela freqüência com que ocorre mereceu estudo sistematizado de outros ramos da psicologia.
A pornografia e a coprolalia se tornam usuais ao longo do tempo, mas, felizmente, permanecem restritos a um certo número de participantes, mas ainda assim capaz de motivar o afastamento de outros, ou sua participação menos frequente naquele grupo.
O descontentamento de alguns cuja permanência se dá pois preferem ali estar que o isolamento, com relativa freqüência conduz à ruptura, fazendo surgir daquele grupo um outro, como se fosse uma filial, porém com regras mais definidas.” G.M. Harold

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: NfTB (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.