A casa dos grandes pensadores

Bem-vindo ao site dos pensadores!!!

| Principal |  Autores | Construtor |Textos | Fale conosco CadastroBusca no site |Termos de uso | Ajuda |
 
 
 
Artigo
 
Hoje em dia...
Por: Moisés Dias


Certo dia, sem mais nem menos, disseram que não seria prudente se expor sentimentalmente. Claro, estávamos em pleno século XXI. Era de pessoas encruadas. Impregnadas por preconceitos. Egoísmos. Insatisfações. Ganância. Poder financeiro. Política e politicagem. Falsidades, principalmente moralistas. Dureza extrema de sentimentos. Descarte total de apegos. De amor. De conceitos bons. Não á tudo o que faz bem ao coração. Que pena. Hoje em dia até as mães começam a mudar seu status para " pra que dar amor se não recebo?`. É....Complicado. vivemos numa época em que a eletrônica tomou todos os lugares vazios das pessoas. Um preenchimento fútil, onde, com o tempo já não tem e nem faz sentido. O sofá já não é o lugar preferido para o descanso se não dá o conforto ideal para ficar no chat. As pessoas falam cada dia menos. Amam cada dia menos. Respeitam-se cada dia menos. Isolam-se cada dia mais. Afastam-se cada dia mais dos seus entes queridos. Pai e mãe passam dias e dias não só sem falar com seus filhos, mas também, sem se falar. Filhos? Que filhos? O que existe hoje são seres herdados de nossos genes que aprendem a cada dia conhecer melhor seus pais para evitá-los ou no mínimo adquirir armas psicológicas para se conseguir tudo para o próprio benefício. Essa falta de ternura se vê em todos os noticiários, tragédias, crimes hediondos, famílias desfeitas, filhos que matam, mães e pais que matam ou morrem. Deus? Que Deus? Hoje todos conceitos religiosos são suprimidos e abafados pelas drogas, pelo álcool, pela satisfação de humilhar quem tem menos do que o praticante de tal sentimento. Hoje valemos o quanto temos nos bolsos. Tudo o mais não existe. Infelizmente.

 Comente este texto
 Paralerepensar


Comentário (0)

Deixe um comentário

Seu nome (obrigatório) (mínimo 3, máximo 255 caracteres) (checked.gif Lembrar)
Seu email (obrigatório) ( não será publicado)
Seu comentário (obrigatório) (mínimo 3, máximo 5000 caracteres)
 
Insira abaixo as letras que aparecem ao lado: JQKD (obrigatório e sensível. Utilize letras maiúsculas e minúsculas;)
 
Não envie mensagem ofensiva e procure manter um intercâmbio saudável com o seu correspondente, que com certeza busca dar o melhor de si naquilo que faz.
Seu IP será enviado junto com a mensagem.